Marcelinho Paraíba anuncia que vai se aposentar do futebol

Foto: Divulgação/ Perilima

“Quero deixar bem claro que após o Paraibano 2020 eu vou pendurar as chuteiras”.

Com a serenidade que se tornou habitual nas suas entrevistas após “virar um novo homem”, o experiente Marcelinho Paraíba, convertido ao protestantismo desde abril, anunciou nesta segunda-feira (18) que vai parar de jogar futebol.

Com 44 anos, o filho de Pedrinho Cangula vai disputar a temporada do ano que vem pela Perilima, casa que escolheu para se aposentar das quatros linhas após vestir as camisas de 23 outros clubes e a da Seleção Brasileira.

O anúncio aconteceu durante a entrevista coleita de apresentação de seu retorno à Águia de Campina Grande, em um restaurante da cidade.

Marcelinho aproveitou a ocasião para avisar, também, que desistiu de se candidatar a vereador, desejo revelado pelo próprio atleta ainda no início do ano.

– Orando a Deus, meditando, cheguei à conclusão que não é o momento. O sistema é pesado, tem muita corrupção e isso me fez desistir da política – comentou o jogador.

Segundo Marcelinho Paraíba, quando acabar o Campeonato Paraibano de 2020, em maio, ele seguirá estudando para se tornar treinador.

Junto com a comitiva da Perilima, na semana passada, inclusive, o meia participou de um congresso sobre futebol em Recife.

– Quando acabar o Paraibano eu vou para o Rio de Janeiro para seguir estudando e buscar minha licença B na CBF para ser técnico – detalhou.

Ao seu lado durante toda a entrevista, o presidente da Peri, Jailton Oliveira, fez questão de destacar que está dando todo o apoio para esse novo plano de carreira de Marcelinho. O dirigente revelou que as portas do clube estão abertas para Paraíba seguir vestindo a camisa da Águia também fora de campo.

Equipe @Vozdatorcida