Antes citicado, Fábio Alves dá a volta por cima e se firma no Botafogo-PB

Fábio Alves fica no Belo/ Foto: Nádya Araújo/ Botafogo-PB

Contratado no final do ano passado junto a URT-MG, o experiente lateral esquerdo Fábio Alves é um dos símbolos da boa fase vivida pelo Botafogo-PB na Série C.

O paranaense de trinta anos tem apresentado seu melhor futebol desde que chegou a Maravilha do Contorno para compor o elenco botafoguense na temporada de 2018. Uma amostra desse bom momento veio com a participação direta no gol da vitória contra o Atlético-AC, na décima sexta rodada. Após o forte chute cruzado do lateral, o goleiro ofereceu o rebote, que foi aproveitado por Leandro Kível para marcar o único gol do encontro.

Reconhecido por onde passou por sua qualidade na batida da bola, o camisa 6 do Belo iniciou a temporada como titular, ainda sob o comando de Leston Júnior. Porém, o seu desempenho ruim fez com que sofresse com várias críticas. Ainda durante as disputas do Campeonato Paraibano, o jogador teve uma série de lesões que atrapalharam o seu trabalho para a sequência da temporada.

Posteriormente a chegada de Evaristo Piza e já recuperado dos problemas físicos, voltou a figurar no banco de reservas e com as más exibições de Daniel, contratado para a posição, retomou a titularidade e vem apresentando um futebol cada vez mais consistente junto com os seus companheiros do sistema defensivo.

– Quando eu saí com o Leston, saí por causa de uma lesão no joelho, e essa lesão me afastou dos gramados por três, quatro meses. Depois, quebrei o dedo da mão esquerda, então acabou que eu fiquei afastado mais ou menos uns cinco meses por causa de lesão. Voltei com o Piza treinando, também respeitando o Daniel e todos que jogaram na posição, e tendo esse diálogo com o treinador, que eu ia treinar e fazer minha parte, e na hora que ele precisasse, ia corresponder – explicou Fábio Alves.

Para o último confronto da primeira fase, que será disputado no Almeidão, o jogador pediu o apoio da torcida para empurrar o time em mais uma decisão.

– É mais uma final pra gente, não vamos ficar pensando em outro resultado. A gente está pedindo o apoio da nossa torcida, que é para eles virem aqui mesmo, para que a gente possa fazer um grande jogo e sair daqui com a vitória. Desde o começo sabíamos que iriam ser quatro jogos finais, quatro decisões, então é mais uma para gente fazer um grande jogo – convocou.

Equipe @Vozdatorcida por Caio Guilherme, estudante do curso de Comunicação Social da UFPB.

Voz da Torcida
Sobre Voz da Torcida 3843 Artigos
O Portal Voz da Torcida trabalha com a difusão de informações sobre o futebol paraibano desde 2011. Onde houver uma equipe paraibana de futebol competindo o Voz da Torcida estará fazendo a cobertura jornalística.