Artilheiro botafoguense na Série C, Felipe Alves prega apoio a Nando

Felipe Alves (a direita) tem cinco gols na Série C. Foto: Paulo Cavalcanti/Botafogo-PB

Vice artilheiro da Série C com 5 gols marcados, mesmo sem ser titular do time – exceto quando Piza usava time misto priorizando a Copa do Nordeste, Felipe Alves vive grande momento com a camisa do Botafogo-PB e vem pedindo passagem entre os onze que começam as partidas.

Somada a boa fase do camisa 27, o dono da posição, Nando, constantemente está em pé de guerra com a torcida, e só balançou a rede uma vez pela competição nacional.

Após fazer dois gols em 45 minutos na última segunda-feira contra o Treze, somado com seu desempenho nos outros jogos podem fazer Felipe Alves pintar entre os titulares da equipe no próximo compromisso, neste domingo (30), contra o Ferroviário-CE.

Apesar dos pedidos, o atacante prefere deixar a responsabilidade com o treinador. Porém,

– Isso quem tem que falar é o professor Evaristo Piza. Eu estou aqui para ajudar a equipe, independente de quanto tempo eu jogar, se for cinco ou dez minutos, eu estou preparado para entrar e ajudar o Botafogo-PB nos compromissos que a equipe tem pela frente – disse.

Felipe Alves se tornou o artilheiro do Botafogo-PB na Série C. Ele destacou que sempre traça como meta ser artilheiro das equipes por onde passa, afirmando, entretanto, que o objetivo principal é que a equipe saia de campo vitoriosa.

– É um objetivo que eu sempre procuro alcançar quando chego a um clube, eu sempre coloco essa meta de fazer vários gols para ser artilheiro, então eu trabalho durante a semana para que nos jogos os gols possam surgir e a equipe sair vitoriosa de campo – afirmou.

Nando, titular da posição, não marca gols há mais de um mês e meio, período em que o camisa 27 tem se destacado, entrando bem nas partidas, fazendo gols e também contribuindo com boas jogadas no setor ofensivo. Entretanto, o Felipe Alves sabe o que seu companheiro está passando e foi comemorar no banco de reservas com ele seu primeiro gol diante do Galo, o terceiro do Belo na partida.

– Eu e o Nando já somos amigos há bastante tempo. Já jogamos juntos várias vezes, na Raposa, no ABC-RN. Eu sou atacante e sei como é difícil a fase que ele está passando, e da mesma forma que eu fui lá abraçar ele, eu tenho certeza que ele viria me abraçar se a situação fosse o contrário. Eu creio que ele ainda vai nos ajudar bastante, ele foi muito importante no início do ano. Então, pelo fato de ele estar em uma fase ruim, a gente não pode deixá-lo de lado, temos que motivar ele para que ele possa nos ajudar no restante do campeonato – explicou.

Sobre o próximo compromisso botafoguense na Série C, Felipe Alves destacou que a equipe deve intensificar os treinamentos, pois terá uma maratona pela frente, já que vai enfrentar, além do Ferrão, Náutico e Sampaio Corrêa-MA no intervalo de uma semana.

– Nós conversamos que tínhamos três jogos difíceis começando com o clássico contra o Treze, então sabíamos que precisávamos vencer o clássico, pois depois vinha uma sequência de dois jogos fora de casa, então vamos treinar bastante durante a semana, o professor vai fazer os ajustes necessários para fazermos um bom jogo em Fortaleza, contra o Ferroviário-CE – finalizou.

Equipe @Vozdatorcida com Gabriel Botto/Portal Correio

Voz da Torcida
Sobre Voz da Torcida 3964 Artigos
O Portal Voz da Torcida trabalha com a difusão de informações sobre o futebol paraibano desde 2011. Onde houver uma equipe paraibana de futebol competindo o Voz da Torcida estará fazendo a cobertura jornalística.