Atacante argentino é mais um jogador a deixar a Maravilha do Contorno

Foto: TV Torcedor

Ainda em ritmo de reformulação após a queda nas semifinais do Campeonato Paraibano para o Treze, o que obriga também a ter que realizar uma readequação financeira em sua folha salarial, o Botafogo-PB começou a quinta-feira (13) com novidade.

Depois das confirmações das saídas de Maykon Aquino e Cássio Gabriel, a terceira baixa no elenco botafoguense para a sequência da temporada é a do atacante argentino Lucas Simón.

Contratado pelo clube pelo prestígio e fama de goleador que possuía no futebol chileno, onde defendeu equipes como Cobreloa, Huachipato, Palestino, entre outras, o jogador de 34 anos rendeu muito pouco no Belo, onde marcou quatro gols em nove partidas, sendo três em um único jogo, contra o Nacional de Patos, e outro contra o Sousa, nas duas últimas rodadas do estadual antes da paralisação.

Aposta do ex-vice de futebol Ariano Wanderley, a pouca utilização de Simón por Evaristo Piza foi um dos motivos da queda do treinador, que alegava falta de ritmo de jogo do atacante, ainda em março.

Com Mauro Fernandes, Lucas Simón começou como titular após o retorno do estadual devido a lesão de Lohan. Entretanto, o baixo rendimento fez com que passasse a não ser aproveitado sequer no segundo tempo das partidas. Em fim de contrato, o alto salário também foi fator determinante para que o vínculo não fosso renovado.

Outras mudanças ainda antes do confronto diante do Manaus, na segunda-feira (17), pela segunda rodada da Série C, devem acontecer no grupo de jogadores que trabalha na Maravilha do Contorno. Enquanto isso, Rogério Zimmermann, novo treinador, trabalha juntamente com o executivo de futebol e a direção do clube em busca de novos nomes para compor a equipe botafoguense.

Equipe @Vozdatorcida