Barração de trio no Botafogo-PB foi decisão de Piza e teve aval da diretoria

Foto: Divulgação/ Botafogo-PB

Quando divulgada a escalação do Botafogo-PB que enfrentaria o ABC-RN no último sábado, três ausências chamaram atenção. Apesar de serem esperadas por quem acompanhou os acontecimentos no clube no decorrer da semana, o fato ainda chamou atenção devido ao status de titulares absolutos que os jogadores possuíam desde o início da temporada.

Envolvidos em um episódio extra-campo que rendeu bronca pública da diretoria em frente a todo elenco, o goleiro Saulo e os volantes Rogério e Marcos Vinicius acabaram deixando o time titular nos últimos treinamentos preparatórios para o duelo do sábado, e sequer ficaram no banco de reservas da partida que acabou empatada por 1 a 1.

Segundo apurado pelo Voz da Torcida, a decisão de deixar os jogadores de fora partiu do treinador Evaristo Piza, mas contou com aval da diretoria botafoguense.

O que chama atenção no ocorrido é que em temporadas de um passado recente formava-se dentro do clube uma espécie de “família”, com o grupo fechado e que contava com o aval dos dirigentes em todo tipo de situação, criando um ambiente paternalista e de “contra tudo e contra todos”, protegendo atletas em eventuais críticas específicas vindas de parte da imprensa ou até da torcida, uma situação que não é ideal em um ambiente profissional e competitivo, quando cobranças são naturais e necessárias.

Desta vez, ao tomar conhecimento do episódio protagonizado pelo trio, que mora em um condomínio, e que foi alvo de reclamações por parte de outros moradores, a própria diretiva tomou iniciativa de cobrar os jogadores e assumir uma nova postura dentro do clube.

Ainda de acordo com a fonte, as atitudes do goleiro Saulo, que publicou em suas redes sociais algo que foi interpretado como um pedido de desculpas, pois se mostrava treinando e integrado ao elenco, somado com sua presença no estádio Almeidão acompanhando seus companheiros, mesmo estando barrado do time, foram vistas com bons olhos e podem antecipar seu retorno à equipe, mesmo com a boa atuação de João Guilherme diante do ABC-RN.

Faltando cinco jogos para o fim da primeira fase da Série C, o Belo ocupa a sexta colocação do Grupo A com 18 pontos, três a menos que o Náutico, quarto colocado, primeiro time dentro da zona de classificação para o mata-mata do acesso.

Todo elenco do Botafogo-PB se reapresenta na tarde desta segunda-feira (22), no CT da Maravilha do Contorno. Os jogadores que não atuaram ou estiveram em campo por menos de 45 minutos no sábado já realizaram uma atividade no domingo (21).

Precisando vencer para manter vivo o sonho do acesso, já na quinta-feira (25), o time da estrela vermelha enfrenta o Imperatriz-MA, fora de casa.

Equipe @Vozdatorcida