Botafogo-PB e Fortaleza duelam em busca de reabilitação na Série C

O Belo e o tricolor cearense, apesar de estar no G4, vem em grande sequência sem vitórias e buscam os três pontos para não sair da zona de classificação ao fim da rodada

Foto: Raniery Soares/ Paraíba Press

O Botafogo-PB vem de três derrotas consecutivas. O Fortaleza não sabe o que é vencer há quatro rodadas. As duas equipes entram em campo, às 21h, no estádio Almeidão, de mãos dadas com a má fase e pressionados para que reencontrem o caminho da vitória no Grupo A da Série C. A partida é válida pela décima primeira rodada.

Qualquer resultado que não seja os três pontos pode custar a vaga no G4 para ambos. O Leão do Pici é o segundo colocado, com 15. Já o Belo, na quarta colocação, tem 14 pontos.

Em busca das pazes com o seu torcedor, o Botafogo-PB precisa vencer o seu maior algoz na terceirona. Sem desfalques, o treinador Itamar Schulle teve uma semana mais curta para testar sua equipe, já que o time jogou no domingo e já volta a campo após um intervalo de quatro dias.

Regularizados desde a última semana, os laterais Rafael Cruz e Bruno Costa, o zagueiro Jonas e o atacante Jorginho podem pintar entre os relacionados para a partida e reforçar as opções do comandante botafoguense. Apesar das muitas possibilidades para esse jogo decisivo, Itamar Schulle não deu pistas de como vai iniciar a partida. O mais provável é que o time seja o mesmo que vem atuando, já que o desempenho nas últimas partidas foi elogiado pelo comandante, que criticou a quantidade de gols desperdiçados pelos seus homens.

A sequência negativa do Leão do Pici trouxe problemas ao clube. Após o empate na última rodada, torcedores chegaram a agredir alguns atletas na saída do estádio. Nem a vice liderança não tem garantido estabilidade. Para logo mais, o treinador Paulo Bonamigo sinalizou ao menos duas mudanças. Na lateral direita, Jefferson ganhou a vaga de Felipe. Na linha ofensiva, Lúcio Flávio volta ao time titular no lugar de Hiago, que também seria opção no lugar de Everton, caso seja utilizado um esquema com três atacantes.

Edivaldo Elias da Silva comandará a arbitragem, auxiliado por Daniel Cotrim de Carvalho e Diogo Morais. O trio de arbitragem da CBF vem do Paraná. Os paraibanos Éder Caxias e Severino Lemos serão os suplentes.

Escalações

Botafogo-PB: Michel Alves, Lito (Roger Gaúcho), Plínio, Bruno Maia, Alyson; Djavan, Magno, Cleyton, Marcinho; Dico, Rafael Oliveira. Técnico: Itamar Schulle

Fortaleza: Marcelo Boeck, Jefferson, Rodrigo Mancha, Ligger, Bruno Melo; Anderson Uchôa, Pablo, Adenílson, Éverton; Paulo Sérgio, Lúcio Flávio. Técnico: Paulo Bonamigo.

Equipe @Vozdatorcida