Botafogo-PB reduz salários e decide dar férias ao elenco

Foto: Divulgação/ Botafogo-PB

Sem entrar em campo devido a paralisação do futebol em todo planeta devido a pandemia do coronavírus, que não tem previsão para ter fim, o Botafogo-PB, mesmo com o auxílio recebido da CBF de R$ 200 mil, decidiu tomar medidas para reduzir o impacto financeiro em seus cofres.

Com uma folha salarial que gira em torno de R$ 400 mil, os jogadores terão seus salários reduzidos em 25%. Funcionários, por sua vez, receberão 15% a menos dos seus vencimentos. Para quem ganha até R$ 1.500, nenhum valor será descontado.

A medida foi confirmada pelo presidente do clube, Sérgio Meira, que também dará férias coletivas de 30 dias para o elenco do futebol. O terço de férias constitucional será pago no decorrer do ano de 2020.

Com os salários em dias, a expectativa da direção do Belo é pagar o mês de março, que ainda não venceu, já nos próximos dias.

Medidas de contenção nas finanças vem sendo tomada tomadas por outros clubes do país. O Cruzeiro, recentemente rebaixado para a Série B do Brasileiro, também reduziu o salário de seus atletas em 25%. Assim como o time da Maravilha do Contorno, Flamengo, Fluminense, Fortaleza e São Paulo, por exemplo, também anteciparam as férias do grupo de jogadores.

Equipe @Vozdatorcida