Bruno Menezes e Sobralense serão novidades no Campinense

Foto: Samy Oliveira/ Campinense Clube

Com 10 pontos e ocupando a quinta colocação do Grupo A da Série D do Campeonato Brasileiro, o Campinense tem uma missão difícil e uma “revanche” pela frente no fim de semana.

É que o rubro-negro vai enfrentar, pela décima rodada da competição, o Atlético de Cajazeiras, que venceu a Raposa por 3 a 0 no dia 14 deste mês, pela sexta rodada, no sertão paraibano.

Para o técnico Hélio Cabral, além destes fatores, a vitória é necessária para que, faltando cinco jogos para o fim da primeira fase, a equipe conquiste os pontos como mandante para buscar a classificação para o mata-mata.

– Todo jogo é uma decisão, e esse não será diferente. O time do Atlético é muito boa, bem treinada, apesar da troca de treinador. Os jogadores estão cientes do compromisso, sabendo que é um jogo difícil, trabalhando em cima do adversário. Nosso departamento de análise de desempenho está obtendo o máximo de informações, para saber os pontos fortes e pontos falhos para passar para os jogadores. A expectativa é muito boa, temos mais três jogos em casa e a obrigação nossa é ganhar esses jogos, independente de quem seja, para chegar à classificação – afirmou.

Para o jogo de sábado (30), o treinador vai contar com o retorno do atacante Fábio Júnior, recuperado de lesão. Além do Cantor, o volante Bruno Menezes e o atacante Matheus Régis, contratados durante a semana, caso regularizados no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF, devem reforçar o elenco do Campinense na próxima partida.

– Os jogadores que chegaram vão nos ajudar bastante, os que saíram do DM também. Só tenho a comemorar uma semana muito boa de trabalho, de passar boas informações para eles também, trabalhar fisicamente, tecnicamente e psicologicamente – disse.

Com os volantes Júnior Gaúcho, Gabriel e Netto no Departamento Médico, o espaço fica aberto para a estreia de Bruno Menezes, que rescindiu com o Treze no início da semana e logo depois acertou com a Raposa.

– Você tem cinco volantes e de repente não tem nenhum. Chegou o Bruno Menezes, e já vou usar no sábado. Ele vinha treinando, jogando, com ritmo de jogo – explicou o técnico rubro-negro.

Outra novidade no Campinense, mas no banco de reservas, será o meia Daniel Sobralense. Trabalhando há quase vinte dias para aprimorar a parte física, o jogador de 37 anos será relacionado e pode ser utilizado no decorrer do jogo contra o Trovão.

Equipe @Vozdatorcida