Campeão da Copa do Brasil pelo Cruzeiro, zagueiro é o novo xerife do Belo

Com currículo bastante vasto e passagem até pela seleção brasileira, o defensor, que já havia sido alvo de especulações que o ligavam ao Belo, chega à Maravilha do Contorno

Foto: Superesportes MG

Com número da camisa e “patente” definida, o Botafogo-PB anunciou o primeiro zagueiro contratado para a temporada de 2018.

Em suas redes sociais, o clube já deu status de capitão e o 3 nas costas para Gladstone, de 32 anos, que foi contratado pelo Botafogo-PB. O defensor disputou a última Série C pelo Botafogo-SP, e no início de sua carreira, aos 18 anos, estreou entre os titulares do Cruzeiro na final da Copa do Brasil de 2003, diante do Flamengo, quando os mineiros ficaram com o troféu.

Na ocasião, o zagueiro ficou marcado por uma conversa que teve com Vanderlei Luxemburgo, então treinador celeste, que no dia da decisão chamou Gladstone, recém-promovido ao time principal, e avisou que ele iria jogar a partida.

– ‘Você vai jogar, agora a escolha está nas suas mãos. Ou você entra lá e sai com essa faixa de campeão ou você sai todo cagado com a fralda. E aí, vai ser campeão ou vai se borrar todo?’- disse Gladstone ao site da ESPN, reproduzindo as palavras do técnico.

Depois e ir bem na final, o zagueiro ganhou destaque e projeção. Em seu currículo constam passagens por times como Juventus e Hellas Verona, da Itália, Sporting de Portugal, Palmeiras e até pela Seleção Brasileira principal, sendo convocado em algumas oportunidades entre 2006 e 2007.

Além disso, atuou por Náutico-PE, Guarani-SP, Vaslui (Romênia), Duque de Caxias-RJ, ABC-RN, Cabofriense-RJ, Itumbiara-GO, Gil Vicente (Portugal), Mogi Mirim-SP e Vila Nova-MG.

Gladstone agora se junta ao jovem Walber, de 20 anos e cria da base botafoguense, como opção para a zaga. O clube tem ainda no gatilho pelo menos mais um nome próximo de assinar contrato, segundo o gerente de futebol Francisco Sales.

Equipe @Vozdatorcida