Campinense deve ter ao menos duas mudanças para enfrentar o Sousa

Foto: Divulgação/ Campinense Clube

Já em Sousa, onde disputará a primeira partida das semifinais do Paraibano amanhã (31), no estádio Marizão, o Campinense encerrou a preparação antes da peleja realizando uma atividade em um campo particular da Cidade Sorriso.

O treinador Nei Júnior, que vai para seu segundo jogo no comando do rubro-negro, exaltou a evolução da equipe no Clássico dos Maiorais da última terça (28), apesar da derrota por 1 a 0 para o Treze, e espera corrigir alguns defeitos para retornar à Campina Grande, palco do segundo jogo do mata-mata contra o Sousa, com um resultado positivo.

– A expectativa é das melhores possíveis, apesar de não ter conseguido um resultado positivo contra nosso adversário na terça-feira. Mas houve uma evolução muito grande da equipe, foi nítido. Precisamos continuar, porém com bons resultados. São jogos decisivos que não posso ter os erros de partidas anteriores – disse.

Por ter liderado o Grupo B na primeira fase, a única vantagem da Raposa será decidir a segunda partida em casa. Se o resultado da soma dos dois jogos for empate, o finalista será definido após disputa de pênaltis.

Para enfrentar o Sousa, Nei Júnior vai ter que modificar a equipe. Na defesa, Breno vai assumir a vaga de Alex Maranhão, expulso exageradamente por Wagner Reway no duelo contra o Galo. O comandante, no entanto, não descartou outras mexidas para se adaptar ao forte meio-campo do adversário e as condições não muito favoráveis do gramado do Marizão.

– Uma mudança certa é do Alex Maranhão pela expulsão, com a entrada do Breno. E temos algumas decisões a serem tomadas até a hora do jogo, duas ou três opções que possam se encaixar melhor nessa partida de amanhã – afirmou.

Outra mudança certa será no ataque. Após cumprir suspensão no Maiorais pelo terceiro cartão amarelo, Rafael Ibiapino, artilheiro do Paraibano com 8 gols, fica à disposição e tem garantida sua vaga entre os titulares.

Equipe @Vozdatorcida