Campinense empata com o América-RN na estreia pela Série D

Foto: Canindé Pereira/ América-RN

Na tarde deste sábado (19), o Campinense visitou o América-RN, na Arena das Dunas, na estreia da Série D do Campeonato Brasileiro. Em um jogo brigado, a Raposa foi levemente melhor, mas ficou no empate por 0 a 0, pontuando, como queria o treinador Givanildo Sales, na abertura do Grupo A3 da competição nacional.

O Campinense resolveu assustar já no segundo minuto de jogo. Fabinho avançou pela meia esquerda e chutou de longe, obrigando o goleiro Everton a ir espalmar a bola que ia no seu canto esquerdo.

Dois minutos mais tarde, por pouco o Mecão não abre o marcador. Após bola cruzada da esquerda, Waldson saiu mal do gol, a bola sobrou para Wallace Pernambucano, que cabeceou, mas Anderson Schmoeller cortou em cima da linha.

O jogo ficou bastante truncado, com muita pegada. Os donos da casa buscavam dominar as ações, mas esbarravam na retranca montada por Givanildo Sales.

A Raposa voltou a chegar na frente aos 26 minutos, quando Aleff Diego recebeu na intermediária e chutou de pé  direito. A bola passou próximo ao poste esquerdo da meta potiguar.

Em um chute de fora da área aos 34 minutos, foi a vez de Felipe Guedes obrigar Waldson a espalmar para escanteio a bola que tinha como endereço o seu canto esquerdo.

Em uma cobrança de falta de Alex Travassos do lado esquerdo, aos 39 minutos, Júnior Gaúcho desviou para o gol, mas o assistente George Ítalo Antas anotou impedimento do jogador rubro-negro.

Sempre que o Campinense chegava, o América-RN respondia. Aos 43, Rondinelli fez fila na defesa paraibana, invadiu a área e, na saída de Waldson, chutou para fora, a direita da meta.

Foto: Canindé Pereira/ América-RN

Segundo tempo

No início da segunda etapa, a melhor chance de gol até então. Augusto invadiu a área e tocou na saída de Waldson, e a bola bateu na trave direita do gol do Campinense.

Na velocidade de Rafael Ibiapino, aos 13 minutos, o atacante avançou pela direita, invadiu a área e bateu cruzado, mas o goleiro espalmou para escanteio.

A melhor chance da Raposa veio aos 20 minutos. A zaga americana saiu mal, Fábio Júnior se aproveitou e tocou para Rafael Ibiapino, livre na marca do pênalti. O artilheiro do estadual bateu de primeira, de pé direito, mas a bola explodiu no travessão de Everton.

O jogo chegava em sua reta final e o Mecão tentava pressionar. E o goleiro Waldson quase colaborou com os alvirrubros. Aos 34, em uma saída de bola atrapalhada do arqueiro rubro-negro, a bola sobrou com Augusto, que chutou de fora da área, mas o goleiro se recuperou e fez a defesa, espalmando a bola pela linha de fundo.

No lance seguinte, o estreante Jobson recebeu na meia esquerda, cortou para o meio e bateu de chapa, de pé direito. A bola passou tirando tinta da trave esquerda do América-RN.

Perto do apito final, aos 44 minutos, Everton Henrique pegou sobra na intermediária e soltou a bomba de pé canhoto. O goleiro Everton desviou e a bola foi por cima da trave, para escanteio.

Com o empate por 0 a 0, Campinense e América-RN ficam com um ponto no Grupo A3. O próximo jogo da Raposa será no próximo sábado (26), no Amigão, contra o Afogados-PE. O Mecão, por sua vez, enfrenta o Floresta-CE, fora de casa, no mesmo dia.

Ficha técnica

América-RN 0 x 0 Campinense

Campeonato Brasileiro da Série D
Grupo A3 – 1ª rodada
Arena das Dunas (Natal)

Arbitragem: Roger Goulart (RS); George Ítalo Antas (RN) e João Henrique Queiroz (RN)

Gols:
Cartões amarelos: Pedro Victor, Fabinho (C)

América-RN: Ewerton, Wallace Rato (Dione), Edimar, Alisson Brand, Marcelo (Thiaguinho); Renan Luís, Felipe Guedes, Romarinho (Carlos Renato), Rondinelly; Zé Eduardo (Augusto) e Wallace Pernambucano. Técnico: Paulinho Kobayashi.

Campinense: Waldson, Anderson Schmoeller, Rômulo, Cláudio Baiano; Alex Travassos (Alex Murici), Júnior Gaúcho, Pedro Victor (Caio Breno), Aleff Diego (Kiko Alagoano), Fabinho; Rafael Ibiapino (Everton Henrique) e Fábio Júnior (Jobson). Técnico: Givanildo Sales.

Equipe @Vozdatorcida