Campinense questiona vantagem do Treze nas semi e vai à Justiça por vaga na final

Mais uma vez a disputa entre os times da Paraíba deixa o campo e vai para os tribunais. Dessa vez é o Campinense quem está reivindicando uma vaga na final do Campeonato Paraibano 2013, substituindo o Treze, clube que eliminou a raposa nessa sexta-feira (24), após conseguir dois resultados iguais.

O advogado do rubro-negro, Fernando Lamar, questiona o entendimento de que a vantagem na partida seria do Treze. Segundo ele, o artigo 9º do regulamento da competição garante que o Campinense, como dono da melhor campanha do segundo turno, é quem deveria jogar por dois resultados iguais, e, com os resultados das partidas da semifinal, era a equipe raposeira quem deveria estar na final contra o Botafogo-PB, que está marcada para esta segunda-feira (27) e para esta quinta-feira (30).

– O que eu quero passar é que o Campinense está entrando com um mandado de garantia contra a Federação Paraibana de Futebol (FPF) pleiteando a vaga na decisão da competição, respeitando o que diz o artigo 9º do regulamento do Paraibano 2013. O Campinense entende que a vantagem dos dois resultados iguais seria dele, já que o time fez a melhor campanha no segundo turno – explicou o Lamar.

O artigo 9º parágrafo 7º tem o seguinte texto: Art. 9º § 7o – Na fase final, os clubes de melhor índice técnico do primeiro turno terão o direito de mando de campo da segunda partida e de jogar pelo empate em número de pontos ganhos e saldo de gols. Caso os finalistas sejam os clubes da terceira e quarta vagas, prevalecerão os mesmos direitos ao clube de melhor índice técnico do segundo turno.

O advogado do Campinense ainda disse que o pedido já foi protocolado junto ao Tribunal de Justiça Desportiva da Paraíba (TJD-PB) e que, em caso de derrota, irá recorrer às instâncias superiores.

– O pedido já foi protocolado e eu acredito que ainda esta tarde nós vamos ter alguma resposta sobre o caso. Se acontecer de nós termos um resultado negativo, vamos recorrer ao STJD, porque o clube interpreta o regulamento desta forma. O regulamento é muito confuso, muito mal feito e dá base para interpretações distintas. O Campinense não é contra o regulamento, apenas quer que ele seja interpretado da maneira correta – concluiu Fernando Lamar.

Equipe @Vozdatorcida

1 Comentário

Faça um comentário