Canindé comemora tempo ganho para regularizar atletas no Campinense

Foto: Divulgação/ Campinense Clube

O Campeonato Paraibano foi adiado, e no Campinense isso teve um lado ruim e um lado bom.

Sem laudos que liberam a presença de torcedores nos estádios, a Federação Paraibana de Futebol entrou em um consenso com os clubes e a primeira rodada foi transferida do fim para o meio da semana.

O jogo de estreia da Raposa, por exemplo, que seria realizado neste domingo (19), diante do Sport Lagoa Seca foi alterado para a próxima quinta-feira (22), às 20h15.

Apesar de receber bem a notícia, o técnico do rubro-negro, Oliveira Canindé, lamentou o adiamento e afirmou que queria jogo.

– Eu queria que fosse domingo. Mas nós estamos preparados, e o bom nisso tudo é que a gente ganha tempo para regularizar o restante dos atletas. Estávamos fazendo de tudo para inscrever em tempo hábil mas, com esse tempo, a gente consegue. Acho que todos os clubes estão nesse sufoco para tentar regularizar os jogadores. O adiamento vai fazer com que todo mundo entre em campo com força máxima – relatou o técnico.

A regularização dos jogadores já tinha sido uma preocupação demonstrada pelo técnico, que temia não poder contar com todo seu plantel para brigar pelos primeiros três pontos.

Apesar da vontade, Canindé ainda vai poder aproveitar a mudança para além da regularização de seus atletas.

É que agora o comandante poderá olhar mais de perto os próximos adversários do Campinense na tabela. O que antes seria uma rodada com a maioria dos jogos no mesmo dia (domingo), passa agora a ter partidas divididas em três dias (terça-feira, quarta-feira e quinta-feira).

A Raposa e Carneiro encerram a primeira rodada na quinta-feira após assistir de camarote os adversários Botafogo-PB e Perilima, do lado do Campinense, e São Paulo Crystal e Sousa, que enfrentarão o Sport Lagoa Seca.

Equipe @Vozdatorcida