Com apenas 11 jogadores regularizados, o Nacional de Patos visita o Atlético-PB no Perpetão

Foto: Voz da Torcida

Em Cajazeiras, o Atlético recebe o Nacional de Patos, neste domingo (07), no Estádio Perpetão, em um jogo cheio de rivalidade entre duas das mais tradicionais equipes do Sertão. Trovão e Canário vivem momentos e possuem objetivos distintos no estadual.

Empolgado pela boa campanha do ano anterior, quando chegou à semifinal e terminou a competição na quarta colocação, o Atlético investiu na contratação do técnico Índio Ferreira, que levou o Sousa ao mata-mata da Série D de 2017. O Trovão Azul sonha em novamente chegar à semifinal do estadual e conquistar uma vaga na quarta divisão nacional.

Índio Ferreira vai ter seis desfalques para o jogo deste domingo. É que o atacante Mosquito, o lateral-esquerdo Walter e o volante Romerito cumprem suspensão relativa ao Paraibano do ano passado. Além disso, o meia Kairo não foi regularizado a tempo e o volante Kelvin e o atacante Aléf estão entregues ao departamento médico.

Já o Nacional de Patos, campeão da segunda divisão estadual, busca se reestruturar e, a princípio, se manter na elite do futebol paraibano. A diretoria do Canário apostou na manutenção de Marcos Nascimento no comando técnico da equipe, mas perdeu muitos dos jogadores que se destacaram no título da segunda divisão.

Se o Atlético está desfalcado, no Nacional o técnico Marcos Nascimento tem uma grande dor de cabeça, pois o clube regularizou apenas 11 jogadores até esta sexta-feira, são eles os goleiros Pantera e Geffson, o lateral-direito Toninho,  os zagueiros Leandro Marlon e Eduardo Sousa, os volantes Júnior Lira, Vítor Caicó e Jerson, e os atacantes Manu e Lúcio Curió.

A bola rola neste domingo, no Estádio Perpetão, a partir das 17h e a arbitragem vai ser do Emanuel Diniz, com Tomaz Diniz e Márcio Freire como auxiliares e Tiago Ramos como quarto árbitro.

Atualizado às 12h36min em 07/01/2018:

Além dos onze atletas regularizados já citados, o Nacional de Patos possui também outros atletas da base registrados no BID e que estão à disposição do técnico Marcos Nascimento e que podem compor o time titular e o banco de reservas do Canário.

Equipe @Vozdatorcida