Com boas lembranças, Botafogo-PB visita o Fortaleza pela segunda rodada

Em 2013, o Belo conseguiu o acesso no PV, palco do jogo de logo mais, mas contra o Fortaleza o time precisa quebrar um tabu de quase dois anos sem vencer fora pela Série C

Foto: Arquivo pessoal

Em 2013, o Botafogo-PB conseguiu o acesso da quarta divisão para a Série C vencendo o Tiradentes-CE por 1 a 0, gol marcado pelo meia Lenílson. O palco foi o estádio Presidente Vargas, na capital cearense, a quase 700 quilômetros de distância de João Pessoa, onde espera hoje (19), quando enfrentar o Fortaleza, em jogo válido pela segunda rodada do Grupo A da terceirona, às 19h, dar a arrancada para conseguir uma vaga na Série B do Brasileiro.

No jogo de logo mais, os dois times buscam reabilitação após resultados negativos na estreia. O Leão do Pici perdeu para o Remo-PA em Belém, o que aumenta a pressão no time que não chegou as finais do estadual e viu sua diretoria renunciar em meio a uma gigante crise. O treinador Paulo Bonamigo, que foi contratado devido ao bom histórico que teve no clube na década passada, não tem desfalques, mas promoveu mudanças. Lúcio Flávio retorna ao comando de ataque, jogando ao lado de Hiago, carrasco do Belo na Copa do Nordeste, quando atuava pelo Sergipe. Na defesa, o volante Rodrigo Mancha será deslocado para fazer dupla de zaga com Ligger, ganhando a vaga de Heitor.

Pelo lado botafoguense, o discurso é de recuperar os pontos perdidos em casa para o Cuiabá longe de João Pessoa. Para isso, o treinador Itamar Schulle ganha duas peças importantes. O volante Magno e o apoiador Cleyton foram regularizados e podem ser utilizados no duelo de logo mais. Com isso, o comandante pode optar por escalá-los na vaga de Val e Sapé, para tornar o time mais ofensivo, ou sacar um dos volantes e deixar Marcinho no banco de reservas, para manter o esquema que iniciou o jogo de domingo passado. Por outro lado, o meia Fernandes e o atacante Fernandinho seguem no departamento médico e nem viajaram.

Apesar das boas recordações que guarda na capital cearense, o cenário para partidas fora de casa agora é outro. Desde setembro de 2015 o Belo não ganha longe da capital paraibana pela Série C, e desde maio do ano passado em competições interestaduais em geral. Contra o Fortaleza, desde que conseguiu o acesso, não venceu o tricolor cearense em nenhuma das seis vezes em que se encontraram. Foram quatro empates e duas derrotas.

O trio de arbitragem vem do Rio de Janeiro. Alexandre Vargas Tavaras de Jesus é o juiz principal, auxiliado com por Gabriel Conti Viana e Daniel de Oliveira Alves Pereira. O cearense Léo Simão Holanda fecha o quarteto.

Escalações

Fortaleza: Marcelo Boeck, Felipe, Rodrigo Mancha, Ligger, Bruno Melo; Anderson Uchôa, Pablo, Adenilson, Everton; Hiago, Lúcio Flávio. Técnico: Paulo Bonamigo.

Botafogo-PB: Michel Alves, Lito, Plínio, Bruno Maia, Alyson; Djavan, Sapé, Magno, Marcinho; Dico, Rafael Oliveira. Técnico: Itamar Schulle.

Equipe @Vozdatorcida