Aldeone Abrantes crê em Sousa mais forte no retorno ao estadual

Foto: Divulgação/ Sousa EC

Na sexta-feira (03) dia em que a Paraíba passou dos 50 mil casos confirmados de coronavírus, com 1062 óbitos no total, o Sousa iniciou os trabalhos de preparação para retornar ao Campeonato Paraibano após testar 37 pessoas, entre jogadores, dirigentes e comissão técnica.

Com dois infectados, todos assintomáticos e que já estão em isolamento após os exames, o elenco do Dinossauro do Sertão iniciou as atividades comandadas pelo treinador Givanildo Sales, que recebeu elogios do presidente do clube, Aldeone Abrantes.

– O time está forte. Se apresentou, fez exames. Só reprovou um jogador, Jó Boy. Mas o médico disse que está quase no final, que ele é assintomático, mas vamos isolar ele dez dias. O roupeiro (Rafael Torres) também, vamos isolar quatorze dias. Até eu fiz, e está tudo em ordem. Os treinos começaram (ontem, sexta-feira). A programação, o professor (Givanildo Sales) vai definir, deixo os diretores definirem, não me meto. Só vejo se está trabalhando, aí me meto. Mas Givanildo trabalha demais, é muito trabalhador – explicou.

Jó Boy, na foto, e o roupeiro Rafael Torres testaram positivo para Covid-19 e estão em isolamento. Foto: Reprodução/ TV Paraíba

Com cinco reforços, o Sousa vem modificado em seu retorno ao estadual. Uma curiosidade é que três destes atletas vem do Guarany de Sobral-CE, que são o meia Esquerdinha, o volante Carlão e o atacante Tiago Souza. Isso aconteceu porque o time cearense dispensou todo elenco assim que o estadual foi paralisado, deixando os jogadores livres no mercado. Mas a chegada deles não foi ao acaso. O Sousa aposta no entrosamento anterior do trio para agregar ainda mais à equipe.

– Do Guarany de Sobral-CE eu trouxe três. Quero juntar o conjunto. Perdi Bruno Menezes e Romeu, que virou pastor de igreja. Está para chegar outra novidade, e basicamente é isso aí. O time ganhou em qualidade, reforçou. O Sousa vai perder seu principal aliado, que é a torcida, mas vamos para cima – garantiu.

Autor de três gols no estadual, o volante Romeu não voltou ao Dino para se dedicar a vida de pastor evangélico. Foto: Reprodução/ Blog do Garotão

Mesmo sendo a penúltima equipe a se representar para as atividades visando o retorno ao Paraibano, apenas antes do Sport Lagoa Seca, rebaixado, que não tem previsão para início da preparação, marcado para o dia 22 de julho, contra o Botafogo-PB, em casa, o dirigente sousense não crê em desvantagem com relação aos rivais.

– A diferença (no tempo de preparação) não vai ser tanta assim. Os jogadores deveriam estar fazendo alguns trabalhos extra. Daqui para a estreia temos 20 dias, dá tempo chegar bem. Uma pré-temporada de 20 dias, com esse preparador físico, vamos chegar bem – encerrou.

Equipe @Vozdatorcida