Copa do Brasil: Campinense recebe o Atlético-MG após 39 anos

Foto: Divulgação/ Campinense Clube

Depois de quase 40 anos, Campinense e Atlético Mineiro voltam a se enfrentar em uma partida oficial. Logo mais, às 21h30, no estádio Amigão, a bola rola para Raposa e Galo pela primeira fase da Copa do Brasil.

Em 21 de janeiro de 1981, as duas equipes empataram sem gols no Mineirão, pelo Brasileirão. Se esse placar se repetir hoje, em Campina Grande, o Alvinegro das Alterosas avança de fase.

Ao Rubro-Negro do Alto da Bela Vista resta vencer para garantir a classificação.

Para tanto, o técnico Oliveira Canindé tem cobrado firmeza dos jogadores na postura tática e muita disposição para superar o oponente desta quarta-feira (12).

Vindo de derrota para o Atlético de Cajazeiras no Campeonato Paraibano, o Campinense deve entrar em campo com algumas alterações em relação à peleja do último domingo.

A tendência é que Canindé preencha o meio-campo com mais articulares, deixando Rafael Ibiapino como único atacante de ofício no setor ofensivo.

Atlético-MG

Após perder de 3 a 0 para o Unión de Santa Fe e ter a situação na Copa Sul-Americana bastante complicada, o Atlético-MG desembarcou no final da noite de ontem em Campina Grande pressionado para conseguir a classificação na Copa do Brasil e evitar transformar o primeiro semestre de 2020 em cobranças.

O técnico venezuelano Rafael Dudamel tem novos reforços – Otero e Maicon saíram do DM e compatriota Savarino está inscrito no BID – mas o trio não viajou para a Paraíba, assim como Guilherme Arana, todos ainda em preparação física.

O treinador tende a mexer na formatação da equipe, e há chances de tirar um dos volantes no esquema 4-3-3. Fica a dúvida, entretanto, para quem será escalado na armação de jogadas.

Arbitragem

O piauiense Antonio Dib Morais de Sousa apita Campinense x Atlético-MG. Rogério de Oliveira Braga e Janystony Rabelo de Melo, ambos também do Piauí, serão seus auxiliares. Tiago Ramos (PB) é o quarto árbitro.

Escalações

Campinense: Adilson Júnior, Allefe, Vitão, Uesles, Matheus Camargo; Peu, Robertinho, Matheus Silva, Vinícius Vargas; Romário Becker e Rafael Ibiapino. Técnico: Oliveira Canindé.

Atlético-MG: Michael; Mailton, Réver, Gabriel, Fábio Santos (Guilherme Arana); Zé Welison, Jair, Allan; Marquinhos (Edinho), Hyoran e Franco Di Santo. Técnico: Rafael Dudamel.

Equipe @Vozdatorcida