Diretor fala sobre as expectativas do Atlético de Cajazeiras para 2020

Foto: Voz da Torcida

O ano de 2019 foi especial para o Atlético de Cajazeiras e seus torcedores. A excelente campanha na primeira fase do Campeonato Paraibano, tendo liderado o Grupo B a frente do Campinense, sendo eliminado pela própria Raposa, nos pênaltis, na semifinal, garantiu para o Trovão Azul a vaga na Série D do Campeonato Brasileiro em 2020.

Presente no Conselho Técnico do Campeonato Paraibano 2020 na terça-feira (29), em João Pessoa, representando a equipe sertaneja, o diretor de marketing Joacy Júnior falou com a reportagem do Voz da Torcida sobre as expectativas do clube e da cidade para o ano vindouro.

– A expectativa é a melhor possível, por ter feito um último campeonato muito bom, conseguido o objetivo de se classificar para Série D. A torcida está animada e, mais do que nunca, ela merece um time competitivo, um time que brigue pelo título no Campeonato Paraibano e pelo acesso à Série C. O time vem forte, continuamos com o treinador Ederson Araújo, que está montando um elenco muito bom e competitivo. Por tudo isso, as expectativas são as melhores possíveis – disse.

A manutenção da comissão técnica é um dos pontos positivos da diretoria azulina, que também renovou o contrato de algumas peças importantes do elenco que disputou o Paraibano, como os meias Marcinho e Gabriel Mendes, o atacante Yerien e o lateral esquerdo Jackinha. Mas o clube, que já iniciou sua pré-temporada em São Paulo, continua na busca por reforços em todas as posições.

– O elenco ainda não está fechando, tem 22 jogadores, contando com os 7 jogadores que subiram da base. Ainda estamos procurando, alguns ainda em atividade e que não podem fechar um contrato e, também por isso, não podem ser anunciados. Procuramos um goleiro, zagueiros, meia e, talvez ainda até, um atacante para fechar o elenco e começar a disputa do Campeonato Paraibano – informou.

A vaga conquistada no Campeonato Brasileiro da Série D em 2020 representa não só um lugar no quarto nível do futebol nacional, mas também um calendário mais extenso, principalmente após as alterações na disputa do certame, que na primeira fase haverá um aumento de 8 datas para as equipes participantes. O dirigente viu com bons olhos a mudança realizada pela CBF.

– Encaramos como uma mudança positiva a prolongação da Série D, or ter uma maior presença do clube na cidade (durante o ano), que antes tínhamos um calendário até maio no máximo, e agora com a Série D até novembro, classificando-se às próximas fases, a torcida também recebeu bem a mudança. É um adendo muito bom para o Atlético ter um time durante o ano todo, fazendo um bom investimento junto aos patrocinadores que também abraçaram a ideia. Com o conjunto de tudo, todos aceitamos e vimos de forma positiva – avaliou.

Um ponto importante discutido no Conselho Técnico foi sobre a realização dos jogos do Campeonato Paraibano em 2020, quando ficou delimitado o horário mínimo de 16h30 para a disputa de partidas no sertão paraibano. Contudo o recurso do horário, aproveitando o clima em favor da equipe, não está descartado para as disputas do torneio nacional.

– Iremos tentar mandar às 16h, ou até às 16h30 para também favorecer ao nosso torcedor, não ficar muito quente. Por isso vamos tentar manter às 16h ou 16h30, tanto para nos favorecer pela questão do clima, quanto para o nosso torcedor não sofrer com ela – concluiu.

Equipe @Vozdatorcida