Comissão diz que estádios não estão aptos para sediar jogos do Paraibano

Em reunião entre Federação, Ministério Público e administradores de estádio foi passada a situação de cada estádio que pretende sediar partidas do estadual do ano que vem

Estádio de Patos é o único com laudo de segurança válido/ Foto: Divulgação

Esta não é uma matéria que você leu no ano passado, mas com certeza a história outra vez se repete. Novamente, às vésperas de uma nova edição do Campeonato Estadual, os estádios de futebol da Paraíba não possuem condições de sediar jogos no próximo ano. Pelo menos é o que atestam a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros.

Os relatos foram feitos nesta terça-feira (7), durante uma reunião entre membros do Ministério Público da Paraíba, forças de segurança, Crea, Federação Paraibana de Futebol (FPF), administradores dos estádios e clubes para discutir o futuro das praças esportivas paraibanas. O que foi decidido de forma mais prática foi que o dia 24 de novembro será a data limite para que o Governo da Paraíba e as prefeituras de João Pessoa, Campina Grande, Guarabira, Patos, Sousa e Cajazeiras, além do Treze Futebol Clube possam entregar os laudos de engenharia e higiene atualizados para que logo após, a Polícia Militar e Corpo de Bombeiros possam avaliar as condições relacionadas à segurança, combate a incêndio e pânico.

O procurador do Ministério Público da Paraíba, Valberto Lira, disse que após os relatos – principalmente das forças de segurança – se analisou que as solicitações feitas anualmente pela Comissão são cumpridas em uma pequena parcela. Segundo ele, pela nova regulamentação da CBF e do Ministério do Esporte, as cobranças serão mais rígidas e o torcedor, que é o maior interessado no futebol, pode ficar sem ter acesso aos estádios, já que as condições dos estádios não garantem segurança ao público.

– Foi fixada uma data e depois desse prazo, se a comissão avaliar que as correções não foram feitas, os estádios de imediato não vão poder sediar jogos ou as partidas precisarão acontecer sem a presença do torcedor – disse.

Representantes do Corpo de Bombeiros também estiveram presentes na reunião e destacaram um dado preocupante: nenhum dos estádios da Paraíba possui plano de segurança contra incêndio e pânico. Outro detalhe é que apenas o José Cavalcanti, em Patos, está com laudo de segurança vigente.

Bronca no Brasileirão

Valberto Lira disse que no mês passado esteve participando de uma reunião na CBF e foi abordada a questão dos estádios que vão sediar jogos organizados pela entidade máxima do futebol brasileiro. Em relação à Paraíba, as condições não são animadoras.

– A situação da Paraíba é preocupante, até mesmo porque estive na CBF e foi acenado que diante do quadro que temos hoje é para que não seja marcado nenhum jogo organizado pela entidade nacional para os nossos estádios. Estamos correndo junto com os interessados para conseguirmos reverter esta situação – declarou.

Equipe @Vozdatorcida com Raniery Soares/Correio da Paraíba