Fernandes relembra final de 2006 e comemora título “recuperado” pelo Bota-PB

Formado na base do Belo, Fernandes foi decisivo nas finais e relembrou do título perdido para o próprio Treze onze anos atrás

Foto: Voz da Torcida

O título estadual conquistado pelo Botafogo-PB no último domingo (07) teve um gosto mais que especial para um jogador do time da estrela vermelha.

O meio campista Fernandes, importante peça do elenco botafoguense na campanha vitoriosa do Paraibano de 2017, foi formado nas categorias de base do clube, e só agora, depois de rodar por várias equipes, conseguiu um título vestindo a camisa do Belo.

Depois de deixar a Maravilha do Contorno, o jogador vestiu as camisas de Campinense, América-RN, Oeste-SP, São Caetano-SP, XV de Piracicaba-SP, Paraná e Treze, rival do último fim de semana.

O troféu conquistado em cima do Galo da Borborema faz o título ser ainda mais importante para o camisa 6 do Belo, pois onze anos atrás, antes de deixar o time da capital, Fernandes participou da campanha do vice-campeonato estadual botafoguense. Naquela ocasião, quem venceu e ficou com a taça foi o próprio alvinegro de Campina Grande.

– A importância do título para mim é muito grande. Fui formado aqui, tive titulos na base, e quando saí, no meu último ano, em 2006, nós fomos para uma final justamente contra o Treze, em Campina Grande, e perdemos o título. Depois de muitos anos, de muito rodar, pude reconquistar esse título que foi perdido. Estou muito honrado e feliz de vestir essa camisa novamente. Agora o objetivo é fazer uma bela Série C para conseguir o acesso – disse o meia.

Fernandes sentiu uma contusão na panturrilha após a final do Paraibano, e será reavaliado durante a semana para saber se vai ter condições de entrar em campo no próximo domingo (14), contra o Cuiabá-MT, na estreia do Belo na Série C.

Equipe @Vozdatorcida