Fortaleza e Botafogo-PB começam a decidir a Copa do Nordeste de 2019

Foto: Paulo Cavalcanti/ Botafogo-PB

Fortaleza e Botafogo-PB dão início à final da Copa do Nordeste às 21h30 desta quinta-feira (23). Os primeiros 90 minutos serão jogados na Arena Castelão, na capital cearense. Na próxima semana, em João Pessoa, será conhecido o campeão que vai erguer a “Orelhuda” em 2019. Quando o Leão do Pici e o Belo subirem ao gramado, será travado o confronto entre o melhor ataque contra a melhor defesa do campeonato.

O duelo promete ser bem acirrado. Pelo lado do Fortaleza, o ataque veloz e letal balançou as redes 17 vezes. Em oito oportunidades, Júnior Santos, o artilheiro da Copa do Nordeste – posto dividido com Gilberto -, teve a competência de fazer o torcedor tricolor ter motivos de sobra para soltar o grito máximo do futebol.

Dono da melhor campanha da disputa, o Botafogo-PB tem um ataque que não fica muito para trás, com 15 tentos anotados no torneio. Mas o ponto forte – pelo menos no Nordestão – tem sido a defesa. Foram apenas três gols sofridos nos oito jogos disputados da primeira fase, um nas quartas de final e outro na semifinal, o que dão à equipe o posto de menos vazada da competição até o momento.

Para o duelo de logo mais, Rogério Ceni não vai ter problemas para escalar o tricolor cearense. Dos jogadores que podem atuar na competição regional, todos eles estão disponíveis. O Tricolor vem embalado de uma vitória no Brasileirão, conquistada na casa da Chapecoense, no último domingo, por 3 a 1. Os autores dos gols, Marcinho (2x) e Osvaldo, inclusive, estão confirmados entre os titulares que vão dar início ao jogo. A única mudança deve ocorrer no gol, já que Felipe Alves tem sido o goleiro do time na Série A, e dará lugar para Marcelo Boeck, que atua nos jogos da Copa do Brasil e Copa do Nordeste.

Do lado botafoguense, foram sete vitórias e três empates até então na Copa do Nordeste. Quem achou que o Belo seria apenas mais um coadjuvante, em seu sexto consecutivo participando do torneio acabou se engando. O time comandado por Evaristo Piza fez uma primeira fase impecável e conseguiu a sua classificação com uma rodada de antecedência.

Para a primeira das finais, o Botafogo-PB não vai poder contar com dois pilares da formação titular, o volante Rogério e o capitão Marcos Aurélio, suspensos pelo terceiro cartão amarelo, que ficam de fora do jogo no Castelão. Além de suspenso, o camisa 10 ainda está no departamento médico, tratando de um estiramento na coxa, e ainda é dúvida para o segundo jogo, na próxima quarta-feira. Fábio Alves, fora do jogo do fim de semana contra o ABC, viajou normalmente e reforça o setor esquerdo do Belo.

Arbitragem
O trio de arbitragem é da CBF e vem da Bahia. Diego Pombo Lopez apita a primeira final, auxiliado por Elicarlos Franco de Oliveira e José Carlos Oliveira dos Santos.

Escalações

Fortaleza: Marcelo Boeck, Tinga, Quintero, Roger, Bruno Melo; Paulo Roberto, Dodô, Edinho; Marcinho, Osvaldo e Wellington Paulista. Técnico: Rogério Ceni.

Botafogo-PB: Saulo, Israel, Lula, Donato, Fábio Alves; Wellington, Juninho, Marcos Vinicius, Clayton; Dico e Nando. Técnico: Evaristo Piza.

Equipe @Vozdatorcida

Voz da Torcida
Sobre Voz da Torcida 3981 Artigos
O Portal Voz da Torcida trabalha com a difusão de informações sobre o futebol paraibano desde 2011. Onde houver uma equipe paraibana de futebol competindo o Voz da Torcida estará fazendo a cobertura jornalística.