Diá e Guerreiro trazem rivalidade do Maranhão para a Paraíba

Foto: Divulgação

O Clássico dos Maiorais do próximo domingo (10), o 11º de Francisco Diá comandando o Campinense na história do confronto, vai marcar a estreia do técnico Marcinho Guerreiro no Treze.

Para ambos os treinadores, porém, não será novidade se enfrentarem num jogo dessa magnitude.

Válido pela quinta rodada do Paraibano 2019, o dérbi do final de semana vai ser o quinto duelo entre Diá e Guerreiro, que se pegaram recentemente no futebol maranhense por Sampaio Corrêa e Moto Club, respectivamente.

Os dois disputaram o Superclássico do Maranhão quatro vezes, entre 2017 e 2018, com números bem equilibrados: uma vitória pra cada e dois empates, sendo três confrontos pelo estadual e um pela Série C do Campeonato Brasileiro.

No primeiro encontro, na última rodada da fase classificatória do Maranhense de 2017, o já classificado Moto, do então treinador interino Marcinho Guerreiro, poderia eliminar o Sampaio de Diá.

Mas o Tubarão acabou vencendo o Rubro-Negro de São Luís por 1 a 0 e se classificou para a semifinal, fase em que, por conta da combinação de outros resultados, colocou as duas equipes frente à frente de novo.

A semi do Maranhense daquele ano foi realizada em jogo único e Diá levou a melhor novamente, apesar do jogo ter acabado empatado em 2 a 2. Após o Sampaio perder o primeiro tempo por 2 a 0, o Tricolor conseguiu igualar o marcador e avançou para a decisão por ter feito melhor campanha na fase classificatória.

O terceiro encontro aconteceu na Série C de 2017. Guerreiro havia iniciado a competição como auxiliar de Leston Júnior, que perdeu o Superclássico para o Sampaio de Diá por 2 a 1 logo na rodada inaugural do certame. Esse embate não conta.

No returno da mesma edição da Terceirona, agora sim, já com Marcinho no comando da equipe novamente, ele conseguiu fazer o Moto vencer o Tubarão por 1 a 0, mas não evitou o rebaixamento rubro-negro à Série D.

Diá, por sua vez, conquistou o acesso à Série B 2018 pelo Sampaio na sequência do certame.

Finalmente, o quarto e último duelo entre os atuais treinadores dos Maiorais aconteceu em fevereiro do ano passado, quando o primeiro Superclássico do Campeonato Maranhense acabou empatado em 1 a 1.

Marcinho Guerreiro acabou conquistando o estadual de 2018 pelo Moto.

Confira o histórico de confrontos de Francisco Diá (Sampaio) e Marcinho Guerreiro (Moto Club).

16/04/2017 – Campeonato Maranhense (fase classificatória)

Moto Club 0 x 1 Sampaio Corrêa

20/04/2017 – Campeonato Maranhense (semifinal – jogo único)

Sampaio Corrêa 2 x 2 Moto Club

*Sampaio classificado

15/07/2017 – Série C do Brasileiro (fase classificatória)

Sampaio 0 x 1 Moto Club

03/02/2018 – Campeonato Maranhense (fase classificatória)

Sampaio Corrêa 1 x 1 Moto Club

Equipe @Vozdatorcida