Givanildo Sales entrega o cargo e não é mais técnico do Campinense Clube

Givanildo Sales estreou no comando da Raposa em amistoso diante do Central-PE. Foto: Samy Oliveira/ Campinense Clube

O Campinense anunciou, na tarde deste domingo (18), a saída do treinador Givanildo Sales. Segundo a nota oficial do clube, o técnico se reuniu com representantes da empresa que gerencia o departamento de futebol da Raposa, a FDA Sports, e pediu o seu desligamento do clube. O departamento de futebol aceitou o pedido do treinador.

— Alguma mudança teria que acontecer. Do jeito que tava não dava pra continuar, por isso procurei a FDA Sports e decidi entregar o cargo. De onde eu estiver, estarei torcendo pelo Campinense — afirmou o agora ex-treinador do rubro-negro, Givanildo Sales.

O técnico havia deixado o cargo à disposição da empresa já no último fim de semana, após o revés por 3 a 0 para o Atlético de Cajazeiras, mas ganhou um voto de confiança em seu trabalho que durou dois jogos, dois empates, diante de Salgueiro e Globo.

Junto com Givanildo, também deixa o time o preparador físico, Wendel Bastos. O treino de reapresentação, após o empate por 1 a 1 com o Globo-RN, está sendo comandado pelo profissional fixo da casa, Hélio Cabral, e pelo preparador fixo do clube, Fabrício Tavares.

Pelo Campinense, Givanildo Sales dirigiu a equipe em sete jogos oficias, com uma vitória, quatro empates e duas derrotas, totalizando um aproveitamento de 33.3%.

Com a mudança no comando técnico, o departamento de futebol da Raposa já está no mercado em busca de um novo treinador. Segundo o radialista Marcos Lopes, o rubro-negro de Campina Grande entrou em contato com o técnico Ranielle Ribeiro, ex-ABC e que comandou o Lagarto-SE neste ano.

Atualmente, o Campinense é o sétimo colocado do Grupo 3 da Série D, com 7 pontos conquistados. O próximo desafio é diante do Globo-RN, no estádio Amigão, nesta quarta-feira, às 20h.

Equipe @Vozdatorcida