Governo do estado cria novos programas de incentivo ao esporte

Foto: Divulgação/ Secom-PB

O governador João Azevêdo (sem partido) lançou, nesta segunda-feira (13), na Vila Olímpica Parahyba, em João Pessoa, o Programa Incentiva Esporte, que visa apoiar os clubes profissionais da Paraíba que disputam a primeira divisão do Campeonato Paraibano, bem como as competições nacionais e as demais entidades e clubes que participam de competições expressivas, por meio do programa Paraíba Esporte Total.

Os atletas, paratletas e técnicos paraibanos também contarão com o apoio e incentivo do Governo do Estado por meio do programa Bolsa Esporte. O projeto será encaminhado para a Assembleia Legislativa do Estado e representa um investimento de R$ 7 milhões.

As ações voltadas ao esporte estão inseridas entre as metas do governo para o ano de 2020, e foram apresentadas na última semana pelo governador durante solenidade de prestação de contas e anúncio de novos investimentos em diversas áreas.

No lançamento do novo programa, João Azevêdo destacou as ações do governo para ampliar o patamar de investimentos no esporte.

– Esse é um momento ímpar para o esporte profissional e amador na Paraíba. Nós precisamos apoiar, cada vez mais, o esporte amador e as modalidades que têm destaque nacional e que leva o nome da Paraíba a vários lugares, criando mecanismos que subsidiem, tanto o esporte olímpico, quanto o paralímpico porque temos grandes estrelas dentro do nosso estado e foi com esse entendimento de que o esporte precisa ser visto com olhar extremamente profissional que iniciamos 2020 com uma proposta ousada e que muda a relação entre o poder público e o segmento na Paraíba – disse.

João ainda falou sobre a divisão total do recurso dos programas.

– Esse programa foi concebido para que a gente tratasse de duas áreas distintas, sendo R$ 4 milhões para o Paraíba Esporte Total e R$ 3 milhões para o Bolsa Esporte. Eu tenho certeza de que vamos viver momentos especiais com relação ao esporte e o governo existe para fomentar o que há de bom no estado e essas atividades representam inclusão e oportunidade de crescimento – acrescentou.

O secretário da Juventude, Esporte e Lazer, Hervázio Bezerra, frisou que o novo programa terá maior fiscalização, o que deve evitar irregularidades como a acontecida com o programa Gol de Placa, que foi extinto.

– Essa ação fortalece tanto o esporte profissional, quanto o amador. No que se refere ao esporte profissional, os clubes que disputarão as várias séries têm os patamares definidos para cada entidade, girando em torno de R$ 4 milhões, já o Bolsa Esporte deverá beneficiar cerca de 350 atletas. Essa é uma decisão importante para o esporte da Paraíba a partir de um plano de trabalho dos clubes, que será analisado pela Controladoria Geral do Estado. A Paraíba vem se destacando muito e o governo tem procurado valorizar, fortalecer e ajudar os atletas para que eles possam trazer mais resultados positivos para o estado e para o esporte paraibano – explicou.

A presidente da Federação Paraibana de Futebol (FPF), Michele Ramalho, agradeceu, em nome dos atletas e dos clubes, a atuação do governo para fomentar as diversas modalidades esportivas.

– Esse é um projeto de suma importância porque sem essa ajuda, seria inviável a participação dos clubes no Campeonato e estamos muito felizes porque as equipes poderão fazer uma campanha de sucesso – afirmou.

Com a extinção do programa Gol de Placa, os torcedores de renda mais baixa perdem a oportunidade de trocar notas fiscais por ingressos para acompanharem seus clubes do coração. Por sua vez, os responsáveis pelos públicos-fantasmas e a fraude cometida seguem recebendo recursos públicos sem prestar qualquer contrapartida definida.

Confira sobre o que se tratam os programas:

Paraíba Esporte Total – O programa é destinado a incentivar o futebol profissional masculino da primeira divisão do Campeonato Paraibano e os demais clubes e entidades que desenvolvam o desporto e paradesporto de alto rendimento, que tenham resultados expressivos no âmbito nacional e internacional.

Bolsa Esporte – O programa tem o objetivo de incentivar a prática de esportes, sendo destinado aos atletas e técnicos de rendimento das modalidades olímpicas e paraolímpicas, reconhecidas pelo Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro, podendo também ser admitidos aos atletas, paratletas e aos técnicos de rendimento de modalidades esportivas vinculadas ao Comitê Olímpico Internacional e ao Comitê Paralímpico Internacional, além das modalidades reconhecidas pela Secretaria Especial de Esportes, do Ministério da Cidadania, sendo reservado o percentual mínimo de 30% das vagas para as mulheres. As bolsas serão divididas entre as categorias internacional; nacional; institucional; estudantil; e representatividade.

Equipe @Vozdatorcida com Secom-PB

Voz da Torcida
Sobre Voz da Torcida 4050 Artigos
O Portal Voz da Torcida trabalha com a difusão de informações sobre o futebol paraibano desde 2011. Onde houver uma equipe paraibana de futebol competindo o Voz da Torcida estará fazendo a cobertura jornalística.