Lateral do Botafogo-PB espera retranca dos adversários durante o estadual

Foto: Paulo Cavalcanti/ Botafogo-PB

Favorito ao título estadual, o Botafogo-PB tomou um susto na sua estreia diante da Perilima. Depois de fazer um gol no início da partida, que se desenhava tranquila para o Belo, em jogada de Marcelinho Paraíba concluída por Tibério, o time de Campina Grande conseguiu o empate e levou o resultado até o intervalo.

Com um jogo três dias depois contra o Santa Cruz-PE na agenda, o time não pôde se poupar na segunda etapa, mas construiu uma goleada por 4 a 1 e venceu seu primeiro jogo oficial no ano.

Para o lateral esquerdo Fábio Alves, titular na partida, a estratégia da Perilima de segurar o jogo no primeiro tempo deu certo. Mas o importante é que o Belo saiu com a vitória diante de seu torcedor.

– Eles sabiam que tínhamos que matar o jogo no primeiro tempo e não matamos, e eles criaram jogadas e fizeram o gol. No segundo tempo a gente fez o que deveria ter feito – explicou.

A postura defensiva do adversário durante todo jogo, inclusive quando estava atrás no placar, não surpreendeu Fábio Alves. Pelo favoritismo e maior investimento, a equipe já está ciente que seus adversários virão com mais cautela nos duelos contra o time pessoense no Campeonato Paraibano.

– Não foi surpresa (a retranca), pois era da mesma forma que o Serrano jogou contra nós (no amistoso antes do início do Paraibano). Sabíamos que no estadual iria ser assim – concluiu.

Antes de enfrentar o Esporte de Patos no domingo (20), pela segunda rodada do torneio doméstico, o Botafogo-PB vai receber o Santa Cruz-PE na terça-feira (15), em sua estreia na Copa do Nordeste. A partida será disputada no estádio Almeidão, em João Pessoa, às 21h30.

Equipe @Vozdatorcida