Em vídeo, líderes do elenco do Botafogo-PB falam sobre momento do clube

Foto: Reprodução/ Instagram

No início da noite desta terça-feira (22), os jogadores do Botafogo-PB falaram pela primeira vez a respeito dos respingos das investigações da Operação Cartola que caem no clube da Maravilha do Contorno, que tem dirigentes ligados diretamente a manipulação de resultados do Campeonato Paraibano deste ano, em que o Belo acabou como campeão.

Três dos atletas mais experientes do elenco botafoguense se pronunciaram através de um vídeo institucional publicado nas redes sociais do clube.

O goleiro Saulo ressaltou que o título do estadual deste ano foi conquistado dentro de campo, e que os jogadores seguem em busca do planejamento traçado, que é o acesso para a segunda divisão nacional.

– Quando recebemos a ligação e a proposta de vir para cá, nos foi apresentado um projeto vencedor, em que tínhamos como objetivo o título do Campeonato Paraibano e, por consequência, o acesso da Série C para a Série B do Campeonato Brasileiro. Confiando no elenco, comissão técnica e em tudo que a diretoria passou, aceitamos vir para cá. E gostaríamos de enfatizar que nosso título foi conquistado dentro de campo, com muito esforço, muito empenho, dedicação e trabalho desse grupo. Foi dentro de campo que conseguimos esse título – disse o camisa 1 botafoguense.

Outro a tomar a palavra foi o meio campista Allan Dias, que falou na confiança que o grupo de jogadores tem na diretoria, que vem cumprindo tudo que foi prometido na chegada dos atletas.

– Quando aceitamos o compromisso de vir para cá, sabíamos dos profissionais qualificados que aqui estavam e da estrutura que tinha. Viemos sabendo de tudo isso, e confiamos perfeitamente na diretoria, que honrou  completamente todos os compromissos até aqui. Estamos com eles até o final – garantiu Allan Dias.

Por fim, o capitão e zagueiro Gladstone, que perdeu a vaga no time titular para o jovem Walber após se lesionar, convocou aos torcedores para que não os abandonem na busca pelo acesso.

– Precisamos do apoio dos torcedores. A gente sabe que vocês sempre estiveram junto e vamos continuar juntos rumo à Série B – concluiu.

Dentro do estádio, porém, o reencontro com a torcida vai demorar a acontecer. É que o Belo foi punido com a perda de dois mandos de campo – além de uma multa de R$ 15 mil – por causa de bombas que estouraram no fosso do Almeidão na partida contra o Confiança-SE. As partidas contra Globo-RN e Salgueiro-PE, terão de ser disputadas fora de João Pessoa.

Equipe @Vozdatorcida