Marcelinho se diz apto a jogar entre 45 e 70 minutos contra Bota-PB

Foto: Cassiano Cavalcanti/ Treze FC

Principal novidade do Treze para os dois últimos jogos da Série C, em que o time busca evitar desesperadamente o rebaixamento, o meia Marcelinho Paraíba falou na quinta-feira (03) sobre o trabalho que vem sendo realizado para conseguir vencer o Botafogo-PB no próximo sábado (05), às 17h, pela última rodada do Grupo A da terceira divisão nacional, no estádio Almeidão.

De acordo com o ex-aposentado, com discurso alinhado com o do treinador Márcio Fernandes, o principal foco do time é manter a motivação em alta para conseguir buscar a vitória necessária, já que empate e derrota vão rebaixar a equipe do Bairro São José.

– Essa semana foi bem atípica, de várias outras que já passaram, até porque o jogo é decisão para nós, a última partida na Série C. O emocional da equipe está lá em cima. A gente sabe da responsabilidade desse jogo, estamos concentrados e preparados para fazer uma grande partida, porque vamos disputar uma classificação para a Série C dom o adversário. É como se estivéssemos na Série D e precisássemos de uma vitória para nos classificar – disse.

Visivelmente fora da condição física ideal, o camisa 10 alvinegro disse que sua preparação para o Clássico Tradição foi mental. Para desempenhar a profissão que havia largado há cerca de oito meses, o veterano de 45 anos explicou que apesar dos trabalhos intensivos que realizou durante a semana, é necessário ter uma cabeça boa para contribuir com a equipe, e ainda revelou quanto tempo deve aguentar em campo.

– Preparei muito o psicológico para esse jogo. Estava há algum tempo parado, tinha encerrado a carreira. Mas sabia das dificuldades que seriam esses últimos jogos, mas não tem tempo para se preparar psicologicamente. Acredito que dá para jogar 45, 70 minutos em alto nível para ajudar meus companheiros a vencer essa partida e sair dessa situação incômoda. Esse jogo é como se fosse um título da Série C – afirmou.

A tendência é que Marcelinho Paraíba seja titular da equipe de Márcio Fernandes no sábado (03). No ano passado, ele ajudou o Treze a empatar com o Botafogo-PB pela última rodada da Série C por 2 a 2, placar que livrou o Galo do descenço e acabou com as chances de classificação do rival para a próxima fase.

Equipe @Vozdatorcida