MPPB pede esclarecimentos à FPF para retorno do Paraibano

Foto: Caio Guilherme/ Voz da Torcida

Com o retorno do Campeonato Paraibano de 2020, paralisado em decorrência da pandemia do novo coronavírus, marcado para o dia 18 de Julho, a FPF será notificada, pelo Ministério Público da Paraíba, para que, no prazo de 5 dias, apresente todas as informações referentes ao protocolo para o eventual retorno das partidas.

Em nota, o órgão definiu que a entidade também deverá informar, dentre outras questões, como estão sendo controlados os exames para detecção da doença nos jogadores e na comissão técnica dos clubes, a relação dos estádios que presumidamente serão utilizados nos jogos deste ano, quais clubes estão realizando testes nos jogadores e comissão técnica e quantas pessoas – dentre jogadores e membros da comissão técnica – tiveram resultado positivo para a covid-19, discriminando as quantidades por clube.

Para o coordenador do Nudetor, o promotor Valberto Lira, a volta das disputas, mesmo que com os portões fechados, podem provocar aglomerações de torcedores no entorno dos locais de jogo. O que pode gerar risco à vida e à saúde do consumidor torcedor.

Portanto, será notificado, com o mesmo prazo de cinco dias para prestar o esclarecimentos, o secretário estadual de saúde, para que informe a previsão de retorno das atividades desportivas na Paraíba, considerando os dados técnicos e científicos de evolução do contágio da doença no Estado, bem como possíveis consequências advindas de um retorno precoce e se a FPF apresentou protocolos para prevenção de contágio pela covid-19 para o retorno das atividades dos clubes.

Os prazos para o envio das informações são improrrogáveis, tendo em vista a situação de emergência em saúde pública e que uma atuação tardia poderá gerar prejuízo irreparável à coletividade.

– Numa visão profética, a FPF, por sua própria decisão, já definiu o calendário de retorno das partidas, iniciando no próximo dia 18 de julho e concluindo no dia 09 de agosto do corrente ano, mesmo sem a confirmação da autorização do Governo do Estado. É desejo de todos, torcedores, atletas, funcionários dos clubes, dirigentes, imprensa, que os esportes voltem às atividades, com planejamento responsável, ressaltando que este retorno, que esperamos ocorra em breve, não envolve nem depende, apenas, dos dirigentes da entidade e de seus filiados, porque outros atores integram no antes, no durante e no depois de jogo, em praça esportiva – argumentou Valberto Lira.

A nota também destaca manifestação da Anvisa sobre a desinfecção em ambientes públicos como não tendo comprovação de eficácia. A medida foi adotada e divulgada, em suas redes sociais, por clubes como o Treze e o Botafogo-PB, como forma de demonstrar estarem tomando as medidas para assegurar a saúde dos seus funcionários e atletas.

 

Ver essa foto no Instagram

 

No terceiro dia de testagem nesta sexta-feira (26), foi a vez dos diretores e conselheiros que frequentam o Centro de Treinamento da Maravilha do Contorno. Além do Presidente @sergiommeira, todos os membros da diretoria executiva também foram submetidos ao teste rápido qualitativo para Covid-19. Todas as testagens aconteceram em ambiente aberto e amplo, respeitando o distanciamento mínimo recomendado. Lembrando que todas as dependências do Clube foram sanitizadas e descontaminadas pela @cleansanitizacao e os testes estão sendo realizados pelo laboratório @labroseannedore #BotafogoPB #MaiorDaParaiba #LaboratorioRoseanneDoreSoares #CleanSanitização #Testes #Covid19

Uma publicação compartilhada por Botafogo Futebol Clube (de 🏡) (@botafogopb) em

A agência concluiu que não foram encontradas evidências científicas de que o uso dessas estruturas para desinfecção sejam eficazes no combate ao vírus, podendo, diante de novos estudos, ser modificado este posicionamento, a qualquer momento.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Na manhã desta segunda-feira(22), na sede do IPSEM, o Presidente Executivo do Treze, Walter Cavalcanti Júnior, juntamente com Gerente Executivo de Futebol, Almir Dionísio, e o Coordenador de Comunicação do Clube, Cassiano Cavalcanti, representaram o Treze em um reunião com o Prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, para tratar da liberação para o retorno dos treinos no Município. A reunião também contou com a presença do Secretário Municipal de Esportes, Raymundo Asfora, o Secretário Municipal de Saúde, Filipe Reul, além dos Presidentes do Campinense Clube e Desportiva Perilima, este último, por videoconferência. Na Pauta, os clubes apresentaram os protocolos médicos para retomada, desenvolvidos pela CBF, FPF, e adaptados de acordo com a estrutura física dos clubes, sob a orientação dos seus Departamentos Médicos. Durante a reunião, ficou definido que Prefeitura Municipal de Campina Grande, através das secretarias de esportes e saúde, realizarão os testes para Covid-19, além a disponibilização de equipamentos que poderão auxiliar na aplicação dos protocolos médicos para retomada do futebol. No Treze, as ações para retomada já foram iniciadas. Na tarde de hoje(22), em parceria com a empresa Agclean, o Estádio Presidente Vargas iniciou seu processo de higienização, para o recebimento seguro dos profissionais que terão liberação para frequentar o local. Também ficou definido na reunião, que a partir da próxima quarta-feira(24), todos os membros da comissão técnica, atletas e funcionários serão testados para Covid-19, além de receber a vacina de H1N1, disponibilizados pela Prefeitura Municipal de Campina, através de equipes capacitadas da Secretaria de Saúde que estarão à disposição no PV. A expectativa é que os profissionais que testarem negativo para o Coronavírus possam iniciar os treinos na próxima segunda-feira, 29 de Junho. O Treze Futebol Clube agradece todo apoio da Prefeitura Municipal de Campina Grande, o esforço do Prefeito Romero Rodrigues, e a colaboração dos Secretários Municipais, Raymundo Asfora e Filipe Reul, empenhados em desenvolver um trabalho com total responsabilidade e segurança.

Uma publicação compartilhada por Treze Futebol Clube (de 🏡) (@trezefcoficial) em

Equipe @Vozdatorcida