Nacional de Patos tem duas baixas no elenco e aguarda colombiano

Foto: Joab Medeiros

A pré-temporada foi recém-iniciada mas o Nacional de Patos já conta com duas baixas e uma terceira pode ocorrer sem sequer começar o Campeonato Paraibano de 2021. Dois atletas nem chegaram a se apresentar, já o meia colombiano Sergio Villareal enfrenta problemas de logística devido a pandemia.

Os jogadores que chegaram a ser anunciados, mas sequer se estiveram em Patos foram o volante Júnior Gaúcho, que acabou indo para o Águia de Marabá, e zagueiro Danilo Quipapá, que acertou com o Vitória-PE e, inclusive, esteve em campo ontem (17) em jogo-treino contra o Botafogo-PB, em João Pessoa.

O diretor de futebol e funcionário da FDA Sports, empresa responsável pela gestão do departamento, Fagner Marcos, contou que as desistências se deram por propostas melhores que outros clubes ofereceram e também por questões familiares.

– Eles receberam ofertas melhores para eles. O Gaúcho uma (proposta) de quase duas vezes do salário que iria receber do Nacional. E o Quipapá recebeu uma proposta melhor e também a questão de ficar mais próximo de casa pesou – justificou.

Já a contratação de maior repercussão do Canário pode acabar não sendo concretizada devido as complicações de deslocamento provocadas pela pandemia do novo Coronavírus. Sergio Villareal inicialmente sairia na segunda-feira (15) de Bogotá e chegaria ao Brasil na terça-feira (16).

Porém o governo colombiano emitiu um decreto fechando os aeroportos para viagens internacionais, o que impossibilitou a viagem do meio-campista. Com isso, uma nova passagem foi emitida pela FDA Sports, agora para o dia 25. Contudo, Fagner avisa que em caso de novo insucesso o acerto será desfeito.

– Se a questão do Coronavírus atrapalhar novamente a vinda dele, ficará inviável a sua chegada, vamos ter que contratar outro. Já perdemos quase mil reais, porque tivemos que fazer essa troca e alterar o voo dele daqui do Brasil. Se comprasse direto para vir para Recife, a primeira escala seria nos Estados Unidos, e necessitaria de um visto de deslocamento. Tivemos que comprar pra São Paulo, que a parada é no Panamá – explicou.

O Nacional fará sua estreia no campeonato estadual no dia 18 de março, uma quarta-feira, em casa, contra a equipe da Perilima.

Equipe @Vozdatorcida