No Almeidão, Botafogo-PB e Perilima abrem o Campeonato Paraibano de 2019

Foto: Edgley Lemos/ Voz da Torcida

A bola vai rolar no Campeonato Paraibano de 2019.

O jogo de abertura da competição acontece neste sábado (12), às 16h, no estádio Almeidão, em João Pessoa.

Atual detentor do título, o Botafogo-PB encara a Perilima pela primeira rodada. O Belo está no Grupo A da competição, enquanto a Águia de Campina, atual vice-campeã da segunda divisão, está no Grupo B. Nesta primeira fase, os times enfrentam apenas os da outra chave em jogos de ida e volta.

O time da Maravilha do Contorno vem sem muitas novidades para esta temporada. Boa parte do time que bateu na trave no acesso para a Série B do Brasileiro foi mantido, e alguns reforços pontuais chegaram. Entre os titulares do time que foi derrotado pelo Botafogo-SP nas quartas de final da terceira divisão, apenas o zagueiro Gladstone, o lateral direito Gedeilson e os meias Hiroshi e Juninho não estão mais no clube. O zagueiro Walber, reserva na ocasião, foi emprestado ao Sport-PE.

Com 100% de aproveitamento na pré-temporada, o treinador Evaristo Piza deixou claro, desde o início da preparação, qual deve ser o time que iniciará o ano jogando. Dos titulares, apenas o atacante Nando, que estava machucado, não participou do último amistoso, que terminou com vitória sobre o Serrano por 4 a 2.

Desta forma, o Belo estreará oficialmente em 2019 com Saulo, Roniery, Willian Goiano, Lula, Fábio Alves; Carlão, Rogério, Clayton, Marcos Aurélio; Adalgiso Pitbull e Nando.

Recém-promovido da segunda divisão para a elite estadual, o Perilima não é mais aquele time folclórico comandando por Seu Pedro das Sordas. Comprado por um grupo de empresários, o time tem situação financeira tranquila, a ponto de conseguir manter Marcelinho Paraíba, principal nome do time na segundinha, mesmo tendo a concorrência do Treze, que se interessava no retorno do atleta.

Além do veterano meio campista de 43 anos, o clube se reforçou com o goleiro Pantera, campeão do Nordeste pelo Campinense, o zagueiro Renato Silva, que já vestiu a camisa de Flamengo, Fluminense, Vasco, Botafogo-RJ e São Paulo, entre outros clubes do país, e o atacante Manu, que já passou por Sousa e Treze. Aliando a experiência destes jogadores com a juventude de outros, caso do atacante Cesinha, os comandados de Ricardo Campos querem mostrar que são novos tempos e não irão disputar o estadual apenas para evitar ser saco de pancadas.

Arbitragem

Depois do escândalo da Operação Cartola, que culminou com a exclusão de nove árbitros dos quadros da FPF do esporte, a Federação abriu seleção para novos profissionais e realizou um curso preparatório uma semana antes do início da competição. Em sorteio realizado na entidade, foi definido que quem apita Botafogo-PB x Perilima é do sergipano Michael Vinícius de Freitas (CBF), que terá auxílio de Schumacher Marques (PB) e Paulo Ricardo (PB). A quarta árbitra será Ruthyanna Camila (PB).

Equipe @Vozdatorcida