Pensando na final do Nordestão, Botafogo-PB deve ter time misto contra o Imperatriz

Foto: Divulgação/ Botafogo-PB

Após a derrota na primeira final da Copa do Nordeste, o foco do Botafogo-PB passa a ser, pelo menos até amanhã, na Série C do Campeonato Brasileiro. Com a necessidade de recuperar os pontos perdidos em casa nas duas partidas em que jogou no Almeidão, o Belo deve ir para cima do Imperatriz-MA em busca da primeira vitória dentro diante dos seus torcedores no torneio nacional.

Para o jogo, o treinador Evaristo Piza revelou que deve escalar uma equipe alternativa, poupando aqueles jogadores que estão desgastados pela sequência excessiva de jogos na última semana. Porém, a decisão só deve ser tomada poucos minutos antes do confronto.

– É necessário fazer algumas mudanças. É um jogo difícil, como todos da Série C do Brasileiro. Precisei dar um descanso aos jogadores que atuaram contra o Fortaleza. Quando eles voltarem do descanso, preciso avaliar como está a recuperação dos atletas para decidir quem escalar para a partida – avaliou.

Com os desfalques de Clayton e Rogério, suspensos por terem levado o terceiro cartão amarelo contra o ABC-RN, Piza deve fazer as mudanças simples em cada posição. Para o lugar de Rogério, o treinador do Belo tem a opção do volante Wellington, que atuou desta maneira contra o Fortaleza, na quinta-feira. Já para substituir Clayton, Piza pode optar por Enercino ou Erivelton.

– Não deve fugir muito disso. Faremos reposições simples. O Enercino entrou bem contra o Fortaleza, em um momento que não estávamos retendo a bola e, com ele, a equipe conseguiu fluir bem. Se caso optarmos pelo Erivélton, vamos ter um jogador com características de velocidade, mais verticalidade no jogo – disse.

O meia Marcos Aurélio, que estava se recuperando de uma lesão na coxa direita, ainda não deve atuar neste domingo. De acordo com Evaristo Piza, o atleta só estará completamente liberado, após o laudo de uma ressonância magnética. O camisa 10 voltará a campo na partida contra o Fortaleza, na próxima quarta-feira.

– O Marcos fez outra ressonância hoje (ontem), aquela de conforto, como falamos. Ele fez um primeiro exame que constatou a lesão, trabalhou para recuperar e agora vamos saber se a lesão está cicatrizada. Mas, para este jogo de domingo não devemos escalá-lo na equipe, preservando o atleta para a quarta-feira contra o Fortaleza – completou.

Equipe @Vozdatorcida com Gabriel Botto/Correio da Paraíba

Voz da Torcida
Sobre Voz da Torcida 3956 Artigos
O Portal Voz da Torcida trabalha com a difusão de informações sobre o futebol paraibano desde 2011. Onde houver uma equipe paraibana de futebol competindo o Voz da Torcida estará fazendo a cobertura jornalística.