Evaristo Piza não renova e Botafogo-PB busca outro técnico

Foto: Paulo Cavalcanti/ Botafogo-PB

O ano de 2021 não começa como o torcedor do Botafogo-PB esperava.

Na noite de sábado (02), o Belo anunciou por meio de suas redes sociais que não irá renovar o vínculo com o treinador Evaristo Piza por precisar passar por um momento de readequação financeira, desta maneira, não tem condições de dar prosseguimento ao trabalho do técnico no clube.

Com contrato até o fim da Pré-Copa do Nordeste, a ideia de ambas as partes era seguir o casamento em 2021. Entretanto, entendendo a situação financeira da equipe, a decisão de seguirem caminhos separados se deu em comum acordo.

Demitido em março pela antiga diretoria, encabeçada por Sérgio Meira e que tinha Ariano Wanderley como vice de futebol – o último tinha problemas de relacionamento com o treinador -, Piza retornou à Maravilha do Contorno no início de novembro convocado pela nova gestão, que tem Alexandre Cavalcanti, do grupo de Breno Morais, como presidente, para salvar o time do rebaixamento na Série C e classificar para o Nordestão do ano que vem. Em apenas sete jogos, as missões foram cumpridas, e a ruptura desta vez é em clima de paz, o que combina mais com uma relação que deu um vice-campeonato do Nordeste e um título estadual ao time da estrela vermelha em 2019, além de uma queda no mata-mata do acesso na Série C de 2018.

De acordo com o jornalista Pedro Alves, do GE/PB, Evaristo Piza também tem outras propostas na mesa, como do São Caetano, que disputará o Campeonato Paulista deste ano. O Belo, por sua vez, agora vai em busca de outro nome no mercado para assumir a equipe que disputará o Campeonato Paraibano, Copa do Nordeste e Série C em 2021.

Do elenco botafoguense que terminou 2020, já tem outros destinos Vitinho, Rodrigo, Marcos Martins, Ramon (Santo André), Christianno (América-RJ), Donato (URT-MG) e Luís Gustavo (Inter de Limeira-SP).

O goleiro Felipe, talvez a principal peça da equipe para iniciar uma reformulação, tem situação complicada justamente devido a questão financeira. Elogiado pelo camisa 1, o preparador de goleiros Bira teve seu vínculo com o Botafogo-PB encerrado, o que pode apontar também para a saída do arqueiro.

Com contrato até o fim do estadual deste ano, por enquanto seguem o meia Marcos Aurélio, os volantes Everton Heleno e Rogério e o zagueiro Fred.

Equipe @Vozdatorcida