Presidente do Sousa quer Paraibano só no segundo semestre

Foto: Fabiano Sousa/ Voz da Torcida

O presidente do Sousa, Aldeone Abrantes, afirmou, na segunda-feira (28), ao Voz da Torcida, que seu clube é favorável  disputa o Campeonato Paraibano de 2021 no segundo semestre. A expectativa do mandatário é que, com a distribuição da vacina, seja liberado o público nos estádios.

A proposta de adiar o estadual para a segunda metade do ano é defendida também pelo presidente do Treze, Walter Júnior. Já o cartola do Nacional de Patos, Cleodon Bezerra, disse ao GE PB que não é a favor do adiamento, pois a competição seria disputada juntamente com o Brasileiro da Série D e C. Com isso, restariam poucas datas para a realização do Paraibano, que seria mais longo do que o normal e exigiria mais meses de folhas salariais para as equipes.

Todo esse imbróglio sobre o adiamento ou não do Campeonato Paraibano está acontecendo por causa do não pagamento do programa governamental Paraíba Esporte Total. O Governo do Estado da Paraíba alega que, conforme investigação do Ministério Público, foi descoberto que os clubes burlaram o antigo programa Gol de Placa e usaram o dinheiro para outros fins que não o futebol. Já os times negam essa versão e dizem que não desviaram nenhum recurso público.

Sem o dinheiro do Governo do Estado, os clubes afirmaram que não conseguem disputar o Campeonato Paraibano e decidiram pelo cancelamento do estadual em 2021. As equipes têm até 31 de dezembro para assinar o acordo de leniência e ficarem aptos a receber a verba do Paraíba Esporte Total – atualmente, apenas Perilima e Sport Lagoa Seca podem embolsar suas partes.

Aldeone disse não concordar com o que está sendo proposto e enfatizou que nunca roubou ou desviou nenhum dinheiro em toda sua vida pública – além de presidente do Sousa, o cartola também é vereador da cidade de Sousa.

— A gente quer acordar, agora a gente quer acordar o justo. Não é o que está sendo escrito aí. A gente não quer acordar valores que estão sendo colocados aí, a gente não quer acordar um acordo de leniência que está sendo proposto criando uma forma que você é ladrão. Eu nunca roubei na minha vida, minha vida está aí ilibada — afirmou.

Equipe @Vozdatorcida