Treze defende punição para clubes que escalaram jogadores irregulares

Foto: Voz da Torcida

O Campeonato Paraibano de 2020 ficou marcado por várias escalações irregulares de jogadores. Com isso, muitos clubes ficaram com receio de perder pontos na tabela como forma de punição.

Entretanto, até aqui, nenhuma equipe foi penalizada. Para o presidente do Treze, Walter Júnior, os times que tiverem seus erros comprovados devem ser punidos, incluindo o Atlético de Cajazeiras, rival direto do Galo na tabela.

Em participação na Live do VT da última terça-feira (12), o mandatário alvinegro opinou sobre as escalações irregulares e se mostrou a favor da punição com perda de pontos.

– Eu acho que, quando você erra, seja um erro grande ou pequeno, e para esse seu erro existe uma punição, acho que você tem que ser punido. Se for comprovado o erro, que você seja punido. Isso podia ser para Treze, para Botafogo-PB, para qualquer outro clube. Se você escalou um jogador irregular e para isso tem uma punição, eu acho que o Tribunal e a Federação estão aí para isso. Senão, não precisava ficar inscrevendo jogador, colocava de qualquer jeito. Meu ponto de vista é assim, se você errou, tem que pagar pelo seu erro – declarou o presidente.

Por enquanto, as irregularidades recaem sobre atletas do Atlético de Cajazeiras, Campinense, CSP e Sousa. Apesar disso, o Tribunal de Justiça Desportiva da Paraíba (TJDF-PB), que voltou a funcionar de forma on-line na última segunda-feira (11), segue sem nenhum destes casos com audiência marcada.

Sobre o retorno do futebol na Paraíba, o mandatário do Galo da Borborema afirmou ser totalmente a favor da decisão no campo, seguindo o formato predefinido para esta temporada. Entretanto, para 2021, Walter Júnior sugeriu que a disputa da competição seja em pontos corridos, sem divisão de grupos.

– Para o ano que vem, eu sou favorável de um campeonato por pontos corridos, nem que a gente faça uma redução na quantidade de equipes. Assim é um campeonato justo para todo mundo. Acaba com essa situação de um grupo se beneficiar e o outro não – disse.

O Campeonato Paraibano segue sem previsão de retorno, assim como as atividades no Treze. A paralisação é consequência da pandemia do coronavírus que assola o Brasil e a Paraíba. Com isso, todas práticas esportivas no estado estão paradas.

Equipe @Vozdatorcida