Walter Júnior fala em construir CT e concentração para o Treze

Foto: Divulgação/ Treze FC

O atual presidente do Treze, Walter Júnior, protocolou na manhã de ontem (17), a inscrição da sua chapa para as eleições da diretoria executiva pelo Conselho Deliberativo do clube. O pleito de chapa única será realizado no dia 21 deste mês.

Após a realização das eleições para o Conselho Deliberativo, no dia 29 de outubro, também de chapa única e com a presença de apenas 14 votantes para escolher mais de 50 conselheiros, os recém-empossados irão agora aclamar a recondução de Walter Júnior à presidência do atual campeão paraibano.

O atual presidente do CD, João Targino Alves, publicou edital convocando para a inscrição de chapas nos dias 16 e 17, entre as 10 e 12 horas na sala de imprensa do Presidente Vargas. Ontem ninguém se apresentou, mas na manhã de terça foi protocolada a única chapa, com Walter Júnior na cabeça e João Paiva Filho de vice.

Walter Júnior assumiu o Galo em 2019 com uma equipe recém ascendida da quarta para terceira divisão nacional. Logo no primeiro ano encontrou dificuldades no futebol masculino, lutando contra o rebaixamento no estadual e na Série C.

Em 2020, vivenciou uma experiência mais complicada, a pandemia do novo coronavírus. Após uma longa pausa e enfrentando problemas financeiros, conseguiu tirar o clube da fila de nove anos sem ser campeão estadual, vencendo o maior rival na decisão.

Na Série C, o time tem novamente enfrentado problemas com a zona de rebaixamento. Faltando três rodadas para o fim da primeira fase, o Galo ocupa a nona colocação a um ponto do oitavo, o Jacuipense-BA.  No momento, Walter Júnior afirma que o foco principal é na permanência e em continuar ajustando os problemas financeiros do clube.

– O foco hoje é deixar o Treze na Série C e concluir os projetos que demos início em 2019, que se não tivesse ocorrido a pandemia talvez já teríamos concluindo algumas situações. Tais como o planejamento excelente que temos feito desde novembro de 2019 com a área fiscal do clube. Acreditamos que um pouco mais para frente estaremos com a situação fiscal do Treze toda regularizada. Também a questão dos bloqueios, são muitos os que o clube tem e temos trabalhado muito em cima disso – disse.

Esses são dois presentes, nas palavras do mandatário, que espera dar ao Treze e que já estão em processo de resolução. Mas também fez promessas em relação a estrutura patrimonial do alvinegro.

– Vamos buscar o que vier pela frente de melhor para o clube em patrocínios, em receitas para depois construirmos o CT, que sonhamos que aconteça, de repente quem sabe uma concentração. São promessas que sonhamos em fazer até pelo amor que temos pelo clube – finalizou.

Se na cabeça da executiva não haverá alterações, na posição de vice a mudança já é certa. João Paiva Filho que ocupava a função de diretor de patrimônio e infraestrutura irá substituir Juarez Lourenço Gouveia na vice presidência. Uma hora, nas suas palavras.

– Estou substituindo uma pessoa, que temos que falar dessa pessoa, que tem feito muito pelo Treze. Substituir Juarez é uma responsabilidade ainda maior, porque eu sei o quanto ele tem ajudado o clube, o quanto é importante. Uma pessoa que tenho um carinho enorme, um amigo que ganhei – elogiou.

A reunião do Conselho Deliberativo para a decisão da nova diretoria executiva será no dia 21 de novembro, próximo sábado, às 13h, no estádio Presidente Vargas.

Equipe @Vozdatorcida