Treze visita Imperatriz-MA em busca da primeira vitória na Série C

Foto: Divulgação

Em busca da primeira vitória no seu retorno a Série C do Campeonato Brasileiro, o Treze viajou quase 24 horas para chegar de Campina Grande até o Maranhão, onde enfrentará o Imperatriz, às 19h deste sábado, na abertura da terceira rodada do Grupo A, no estádio Frei Epifânio.

O Galo da Borborema vem de dois empates em que jogou melhor, contra o Santa Cruz-PE fora de casa, e diante do ABC-RN, no último fim de semana, no Amigão. Para finalmente conseguir triunfar, o time vai reencontrar o adversário que bateu nas semifinais da Série D em 2018.

No jogo desta noite, o treinador Flávio Araújo tem um importante desfalque. Com uma fratura em um dos dedos da mão esquerda, Marcelinho Paraíba sequer viajou com a delegação e fica de fora desta partida. Em seu lugar, Júlio Pacato vai assumir o lugar no meio campo. Outra novidade pode ser a reestreia de Maxwell Samurai no ataque, tentando resolver os problemas nas finalizações que ocorreram no jogo passado.

Pelo lado dos donos da casa, o ex-técnico do Campinense, Ruy Scarpino, promoverá mudanças no Imperatriz, que vai em busca da sua segunda vitória jogando em casa. Na defesa, o zagueiro Gustavo Henrique, que já passou pelo Botafogo-PB vai fazer sua estreia. No meio campo, Leandro Mineiro vai fazer sua reestreia no Cavalo de Aço, e na frente, Val Barreto ganha a vaga de Júnior Chicão, outro ex-raposeiro, no time titular.

Arbitragem

O trio que comanda o jogo vem da Bahia e é composto por Emerson Ricardo de Almeida Andrade, árbitro central, que contará com o auxílio de Carlos Vidal Pereira de Oliveira e Luanderson Lima dos Santos.

Escalações

Imperatriz-MA: Jean, Gabriel Paulino, Gustavo Henrique, Renan Dutra, Renan Luís, Xaves,Valderrama, Daniel Barros, Leandro Mineiro; Lucas Campos e Val Barreto. Técnico: Ruy Scarpino.

Treze: Mauro Iguatu, Edy, Ítalo, Ânderson Penna, Silva; Coppetti, Juninho, Patrick, Júlio Pacato; Gil e Eduardo (Maxwell Samurai). Técnico: Flávio Araújo.

Equipe @Vozdatorcida