Série D: Como vem o Atlético de Cajazeiras

Foto: Divulgação/ Atlético de Cajazeiras

De volta ao Brasileiro pela primeira vez desde 2007, quando disputou a antiga Série C, o Atlético de Cajazeiras não terá seu principal destaque na quarta divisão: a torcida sertaneja apaixonada que lota o estádio Perpetão.

Depois de anos de ostracismo, o clube adotou um modelo empresarial, mas feito por pessoas da própria cidade, com elencos formados por atletas desconhecidos do interior paulista, e voltou a ser uma das forças da Paraíba.

Apesar da quinta colocação, o time ficou fora das semifinais do estadual deste ano apresentando o melhor futebol do torneio.

Desde 2017 entre auxiliar e efetivo, um dos pilares do projeto de reerguimento do Trovão Azul, o treinador Ederson Araújo imprime um estilo de jogo ofensivo e vistoso.

Com reforços interessantes, como o experiente Enercino, rodado no interior do Nordeste, e o atacante Bruno Gonçalves, que retorna ao clube após passagem pelo Oeste-SP, que disputa a Série B, a equipe vem como forte concorrente no grupo mais equilibrado da Série D.

Destaques:
Gabriel Mendes – 25 anos – meio-campista
Enercino – 33 anos – meio-campista – último clube: Botafogo-PB – 2020
Jeferson – 30 anos – zagueiro
Bruno Gonçalves – 27 anos – atacante – último clube: Oeste-SP – 2020
Iranilson – 27 anos – lateral-direito

Time base (4-4-2):
Ariel, Iranilson, Wesley Barbosa, Jeferson, Davi; Pêu, Mendes, Patrick, Enercino; Pachu e Bruno. Técnico: Ederson Araújo.

Equipe @Vozdatorcida com Guia da Série D da Revista Série Z