Torcida do Treze causa aglomeração junto aos jogadores antes do Clássico

Jogadores do Treze passaram por corredor formado por torcedores. Foto: Reprodução

Faltando poucas horas para a bola rolar no Amigão para o primeiro Clássico dos Maiorais com portões fechados na história, a torcida trezeana pareceu não compreender a temeridade da pandemia vivida atualmente deu péssimo exemplo de como se comportar.

Na frente do hotel onde estava hospedado o time do Galo, os adeptos se aglomeraram com bandeiras, instrumentos, fogos de artifício e fizeram uma festa para incentivar a busca pela vitória sobre o Campinense, resultado que classificaria o alvinegro para as semifinais sem depender do placar de outros jogos.

A movimentação foi fotografada, filmada e postada nas redes sociais do Treze. Inclusive, na saída para o ônibus, no embarque para o estádio Amigão, os próprios atletas trezeanos passaram por uma espécie de corredor formado por torcedores, muitos, inclusive, sem máscaras.

A obrigação de testagem dos elencos para Covid-19, de acordo com o protocolo da Federação Paraibana de Futebol, é apenas de 14 em 14 dias. Antes do Clássico dos Maiorais de ontem, na terça-feira (27), a delegação alvinegra realizou os exames e nenhum caso de positivo foi detectado.

Com alta transmissibilidade, o novo coronavírus tem risco de transmissão reduzida apenas com o isolamento e distanciamento social, por isto, a Organização Mundial de Saúde e os órgãos estaduais e municipais estão proibindo aglomerações durante este período de pandemia em que ainda não se há medicamento ou cura para a doença.

Campina Grande, palco da ação, tem quase 10.200 casos de contaminação por coronavírus confirmados pelo Governo do Estado, e 224 mortos.

Equipe @Vozdatorcida