Treinador do Atlético-PB detona arbitragem após derrota para o Belo

Foto: Yasmin Sobrinho/ Voz da Torcida

O Atlético de Cajazeiras vinha invicto no Paraibano. Nos dois primeiros jogos foram duas vitórias, cinco gols marcados e nenhum sofrido.

Contra o Botafogo-PB, na quarta-feira (23), o Trovão Azul conheceu o primeiro revés. Apesar do grande volume de jogo, da pressão exercida e da superioridade numérica no segundo tempo, quando atuou com um homem a mais, os dois gols sofridos na primeira etapa foram determinantes para o resultado adverso.

O treinador Ederson Araújo analisou o desempenho da equipe, e lamentou os minutos de desatenção que, segundo ele, foram determinantes para a derrota.

– Jogamos tentando buscar o resultado o tempo todo. Baixamos muito a linha. O Atlético pecou nos primeiros 15 minutos, quando levou gol. Depois que levamos o segundo gol, a equipe em si impôs um ritmo de jogo no qual já estamos acostumados a jogar – disse.

Mas a atuação nas quatro linhas não foi o principal fator para o resultado negativo. Segundo o técnico, a arbitragem prejudicou o Atlético de Cajazeiras, em especial o auxiliar Luiz Diogo, que não marcou impedimento de Nando na jogada que originou o primeiro gol botafoguense, e anulando mal o tento anotado por Soares, para o Trovão, no início da segunda etapa.

– Isso é feio, o que aconteceu hoje aqui foi uma vergonha. Vamos mandar para a Federação para que possa melhorar o Campeonato Paraibano. Um jogo tão bom, com duas equipes de qualidade. Falei que ou ele está querendo ajudar alguém ou é ruim mesmo. Pega um bandeirinha desse aí. O árbitro que estava do outro lado, foi vergonhoso o que ele fez. Muitos impedimentos a favor do Botafogo-PB que ele não deu, e em um gol meu, que achei legítimo, ele deu impedimento. É até feio o que aconteceu – desabafou.

Quem fez coro com o treinador, mas em tom mais moderado, foi o experiente meia Marcinho. O camisa 10 atleticano também relacionou o revés com o gol mal anulado pelo árbitro auxiliar.

– Fizemos um gol legítimo que o bandeirinha vai dormir com a consciência pesada quando ver na TV que marcou impedimento. Ele errou e errou feio – afirmou.

O Atlético de Cajazeiras segue na ponta do Grupo B, mas pode ser ultrapassado pelo Campinense, que tem 4 pontos, dois a menos que o Trovão. No fim de semana, a Raposa enfrenta o Serrano, no Amigão. Já o time sertanejo só joga no próximo dia 3 de fevereiro, quando vai encarar a Perilima, no Perpetão.

Equipe @Vozdatorcida