Treinador do Botafogo-PB explica mudança na dupla de zaga

Foto: Paulo Cavalcanti/ Botafogo-PB

A vitória por 3 a 1 diante do Globo-RN deu ao Botafogo-PB um respiro após o vice-campeonato do Nordeste e a derrota por 3 a 0 sofrida para o Confiança na sexta rodada do Grupo A da Série C do Campeonato Brasileiro.

O revés em Aracaju, inclusive, fez com que o Belo entrasse modificado no Almeidão no domingo (09).

Com falhas suscetivas no sistema defensivo, que tomou três gols de bolas aéreas em um intervalo de apenas 16 minutos contra o Proletário, o treinador Evaristo Piza mudou a dupla de zaga com relação ao time vice-campeão do Nordestão. Lula e Donato deixaram o time, e o miolo da defesa foi formado por Fred e Willian Goiano no duelo contra a Águia Potiguar.

Após o jogo, o técnico botafoguense explicou a alteração e fez questão de exaltar a semana cheia para trabalhar e corrigir os erros.

– O grupo é muito forte, independente de quem inicia jogando ou entra durante a partida ou quem entra jogando de um jogo para o outro. A opção da entrada do Goiano foi por uma questão de que achei necessário, pela questão da bola aérea, arrumar o setor da bola parada. A qualquer momento posso voltar com os atletas. Eles estão adaptados e podem jogar Donato ou Lula, Goiano. Há muito tempo eu não dava oportunidade para o Rodolfo (entrou no segundo tempo no lugar de Fred, que saiu lesionado), que vem trabalhando muito desde o início, com poucas oportunidades. É um grupo que me dá essa flexibilidade, posso colocar e dar uma resposta boa. Com uma semana aberta (de treinos) e um objetivo único facilita – disse.

Ainda falando sobre a recuperação depois da última derrota, Piza tratou como normal os vacilos cometidos diante do Confiança, e disse que a retomada com a vitória sobre o Globo-RN logo no jogo seguinte foi muito importante no planejamento que a equipe tem para o restante da temporada.

– A vitória de hoje era necessária. Após o revés contra o Confiança ninguém ficou satisfeito. Temos que entender que tudo que a gente vem construindo durante o ano, com um jogo sólido, reativo, de retomada, que a gente impôs perante alguns adversários de Série A e Série B, o que aconteceu (em Aracaju)? Não aconteceu nada. Tomamos gols de bola parada, nos descuidamos. Acontece com qualquer clube. O mais importante foi retomar de novo o momento dentro do objetivo, que é estar no G4, de buscar os 9 pontos a cada 15, independente do adversário – explicou.

Depois de um descanso programado para esta segunda-feira (10), o elenco do Botafogo-PB se reapresenta na tarde desta terça (11), quando iniciará a preparação para enfrentar o Náutico, nos Aflitos, no domingo (16).

Equipe @Vozdatorcida