Treinador do Treze reclama de pênalti não marcado contra o Santa Cruz

Foto: Reprodução/ DAZN

Depois de sete jogos, o Treze voltou a perder na Série C do Campeonato Brasileiro. Além disso, a sequência de três vitórias consecutivas foi interrompida com a derrota para o Santa Cruz, ontem (17), no estádio Amigão, por 1 a 0.

Após a partida, o treinador Márcio Fernandes, em entrevista divulgada pela assessoria de imprensa do Galo, analisou apenas a arbitragem, que errou ao não marcar um pênalti claro em Gilvan, aos 28 minutos do segundo tempo, e classificou que o lance definiu os rumos da peleja.

– A gente viu o lance no vestiário, foi um pênalti claro. Recebi mensagens de vários amigos que acompanharam o jogo pelo DAZN, foi um absurdo. A gente fica chateado porque em jogos assim a gente precisa do melhor, e acaba que prejudica todo trabalho – lamentou.

O técnico alvinegro falou sobre a situação do time no campeonato e a chance desperdiçada de entrar no G4, que poderia ter acontecido em caso de vitória sobre a Cobra Coral.

– A gente precisava somar. Com essa derrota, a gente volta a uma situação ruim dentro do campeonato. A gente esperava uma melhor sorte para conseguir uma vitória e aí sim nos colocaria numa posição na frente, quem sabe dentro do G4. Precisamos levantar a cabeça e no próximo jogo, contra o Paysandu, competir mais, fazer o que a gente vinha fazendo para que a gente possa ter chance de vencer – disse.

O Galo enfrenta o Papão no próximo sábado (24), às 17h, novamente em Campina Grande. O time ocupa a quinta colocação na tabela, com 13 pontos, mas pode ser ultrapassado por Paysandu, Jacuipense, Botafogo-PB ou Manaus até o fim da rodada.

Equipe @Vozdatorcida