Treze apresenta meio-campistas e “camisa 10” não fica no clube

Foto: Divulgação

A diretoria do Treze apresentou uma novidade e espera confirma outra ainda nesta quinta-feira (02), quando o elenco comandado por Celso Teixeira se reapresentou para a temporada 2020.

A primeira cara nova, já integrado ao plantel alvinegro, é o experiente meia Almir, de 37 anos, que estava no Brasiliense.

Natural de João Pessoa, o jogador de 177cm e 79kg, que iniciou sua carreira no Botafogo-RJ, acumula passagens por Bangu, Flamengo, Vila Nova, América de Natal, futebol sul-coreano e no Kuwait.

 

Ver essa foto no Instagram

 

🐔⚽ TREZE SE REAPRESENTA COM REFORÇO E NOVO SUPERVISOR ⚽🐔 ⠀ Passado o recesso de Ano Novo, o Treze se reapresentou nesta quinta-feira (2) no estádio Presidente Vargas com novidades. O Galo anunciou a chegada do meia-atacante Almir, de 37 anos, que passou por equipes como Flamengo, Atlético-MG, Botafogo e também atuou no futebol da Coreia do Sul 🌎 ⠀ Já no setor de futebol, o supervisor Lourinaldo Melo deixou o cargo devido a problemas particulares. Quem já assumiu o cargo é Marcel Araújo, de 36 anos, que trabalhou em clubes como Santa Cruz, Altos e Central ☑ ⠀ #TrezeFutebolClube #TrezeFC #Galo2020 #MaiorTorcidaDaParaíba #EstádioPresidenteVargas #CampeonatoParaibano #CampeonatoBrasileiro #SérieC

Uma publicação compartilhada por Treze Futebol Clube (@trezefcoficial) em

Já a outra novidade confirmada pela direção galista, é o acerto com o também armador Alexandre Santana, 27.

Com atuações por São Francisco-PA e Concórdia em 2019, o atleta tem chegada prevista para o final da noite.

O próximo amistoso preparatório da pré-temporada do Treze está marcado para a próxima quarta-feira, dia 8, contra o Náutico, provavelmente no Amigão.

Não fica

O meio-campista Moisés, anunciado como camisa 10 do clube para 2020, e que se apresentou há poucos dias no Presidente Vargas, não ficará mais no Galo.

Foto: Divulgação/ Treze FC

De acordo com o repórter Bruno Rafael, da Rádio CBN Campina Grande, a informação é que, por decisão pessoal, o atleta não irá retornar para Campina Grande, mesmo com a versão oficial dada pelo clube diga que ele tirou apenas alguns dias a mais de folga após os festejos de fim de ano.

Também segundo o site globoesporte.com/pb, a direção alvinegra não cumpri um acordo sobre um apartamento prometido ao meia, que já afirmou que não irá mais se apresentar no estádio Presidente Vargas.

Já na manhã desta sexta-feira (03), também em áudios compartilhados no aplicativo WhatsApp, o presidente Walter Júnior, do Treze, em contato com Moisés, tenta se justificar.

– Deixa eu te falar. Eu conto com você aqui, meu irmão. Vamos organizar o que ficou. Minha palavra é um tiro, como a sua foi. E eu confio demais em você. Sei que você vai ajudar. Sei que a gente vai conseguir os nossos objetivos. Venha simbora (sic) com sua família pra cá. Vamos resolver o resto. Acho que Adelino mandou as fotos do apartamento pra você. E eu conto demais com você aqui. Não quero me queimar por conta disso não – suplica o dirigente alvinegro.

A assessoria de imprensa galista informou que ainda nesta tarde a diretoria se pronunciará de maneira oficial sobre o caso.

Equipe @Vozdatorcida