Volante sofre luxação e pode ficar fora do Campinense por um mês

Com um integrante sem máscara e outro com o equipamento no queixo, descumprindo protocolo médico da CBF, Caio Breno é atendido após lesão no ombro. Foto: PBEsportes.net

A vitória por 1 a 0 sobre o Atlético de Cajazeiras não foi só de boas notícias para o Campinense.

Após entrar no intervalo da partida no lugar de Peu, o volante Caio Breno se chocou com um adversário e caiu de mal jeito. Após o atendimento médico, ele foi substituído aos 14 minutos da segunda etapa pelo zagueiro Breno.

Ontem (20), foi constatada uma luxação de grau três no ombro direito do jogador, que pode levar a um período de recuperação de até quatro semanas. Como não há data para realização do Clássico dos Maiorais pela décima rodada do Paraibano, que só será definida após o fim da participação do Botafogo-PB na Copa do Nordeste, não se sabe por quantas partidas Caio Breno ficará de fora.

O médico da Raposa, João Paulo, explicou que a opção inicial será um tratamento conservador para a lesão.

– Ele teve uma luxação grau três. Ele vai ficar uma semana com uma tipoia parado no Departamento Médico, e vamos reavaliar para ver a necessidade ou não de realizar outro procedimento. Vamos com um tratamento conservador, com imobilização e repouso – disse.

Com 17 pontos, o Campinense é líder do Grupo B e só uma goleada sofrida para o Galo e uma vitória por boa margem de gols do Sousa sobre o Atlético de Cajazeiras tiram o rubro-negro da ponta da tabela. O time já está garantido nas semifinais do estadual.

Equipe @Vozdatorcida