Náutico e Botafogo-PB se enfrentam pela oitava rodada da Série C

Foto: Paulo Cavalcanti/ Botafogo-PB

Pela terceira vez, Náutico e Botafogo-PB vão tentar disputar a partida válida pela oitava rodada do Grupo A da Série C do Campeonato Brasileiro. Antes, o duelo foi adiado por duas vezes, nos dias 16 e 17 de junho, devido as fortes chuvas em Recife. Hoje a bola vai rolar às 19h, no estádio dos Aflitos, na capital pernambucana.

Nesta temporada, as duas equipes já se enfrentaram na semifinal da Copa do Nordeste. Em um jogo emocionante, o Belo venceu no estádio Almeidão por 2 a 1. O gol da vitória foi marcado pelo baixinho Juninho, de cabeça, aos 42 do segundo tempo.

Vindo de uma derrota no clássico contra o Santa Cruz e um empate diante do lanterna ABC-RN, o Náutico busca a vitória para retornar ao G4, uma vez que a sequência ruim fez o alvirrubro cair para a sétima colocação na tabela, com 12 pontos, quatro a menos que o Botafogo-PB, vice-líder.

Para o confronto de logo mais, o treinador Gilmar Dal Pozzo deve promover mudanças no time. Rafael Oliveira, ex-Belo, deve ganhar uma vaga no ataque, fazendo com que Wallace Pernambucano recue para o meio campo, voltando as suas origens. A baixa no Timbu fica por conta do meia Josa, que está suspenso. Maylson, Assis, Odilávio e Rafael Assis, lesionados, também não estão a disposição.

Pelo lado botafoguense, uma vitória pode colocar o time na cola do líder Ferroviário, que tem 20 pontos, quatro a mais que o Botafogo-PB, com um jogo a mais disputado. Sem contar com o lateral esquerdo Fábio Alves, contundido, o técnico Evaristo Piza vai manter Neuton no time titular. A dúvida do comandante do Belo está no setor ofensivo da equipe.

Sem estar 100% fisicamente no último fim de semana, o meia Clayton ficou como opção no banco de reservas contra o Ferrão. Recuperado de dores no pé, ele deve voltar ao onze inicial, fazendo com que Kelvin deixe a equipe e Felipe Alves passe a ser a referência isolada no ataque.

Arbitragem

Quem apita o jogo é Rodrigo da Fonseca Silva, do Mato Grosso. Seus conterrâneos Renan Antônio Angelim Rodrigues e Gislan Antonio Garcia da Silva serão seus auxiliares.

Escalações

Náutico: Jefferson, Hereda, Camutanga, Fernando Lombardi, Willian Simões; Jiménez, Jhonnatan, Wallace Pernambucano; Thiago, Matheus Carvalho e Rafael Oliveira. Técnico: Gilmar Dal Pozzo.

Botafogo-PB: Saulo, Neilson, Fred, Willian Goiano, Neuton; Rogério, Marcos Vinicius, Juninho, Marcos Aurélio, Clayton; Felipe Alves. Técnico: Evaristo Piza.

Equipe @Vozdatorcida