Atlético de Cajazeiras contrata treinador ex-Campinense

Foto: Samy Oliveira/ Campinense Clube

De presidente novo após a eleição de Paulo Albuquerque para a executiva do clube, depois da renúncia, no início de novembro, de Eduardo Jorge, o Atlético de Cajazeiras começou a preparação para a temporada de 2022, na qual irá disputar apenas o Campeonato Paraibano.

Empresário de 33 anos, Paulo Albuquerque é o novo presidente do Trovão Azul. Foto: Divulgação

Depois de uma temporada frustrante, na qual lutou contra o rebaixamento até a última rodada da primeira fase, mesmo com o regulamento peculiar do estadual fazendo-o classificar para o mata-mata da segunda fase ao escapar da queda, o time sertanejo vai em busca de uma reformulação para voltar a figurar entre as principais equipes do torneio, como aconteceu nos anos anteriores.

E para comandar o time dentro de campo, a diretoria azulina foi buscar Jaelson Marcelino, de 46 anos.

O profissional recentemente foi vice-campeão da segunda divisão do Campeonato Alagoano dirigindo o Zumbi dos Palmares, e não conseguiu o acesso. Ele também já passou por CSE-AL, Murici-AL, Itabaiana-SE, Jaciobá-AL, ASA-AL, Coruripe-AL, Lagarto-SE, e dirigiu o Campinense em três partidas em 2019, quando Francisco Diá saiu durante a fase de grupos da Série D do Campeonato Brasileiro. Como jogador, atuou no Botafogo-PB.

Entre outras ações visando o ano de 2022, o clube já vem fazendo a pré-venda dos uniformes da próxima temporada, que custam o valor de R$ 80, buscando arrecadar recursos para montagem do elenco, entre outras despesas.

A diretoria atleticana empossada conta também com o vice-presidente Tony Ferreira, o diretor financeiro Luan Alencar, o diretor de futebol Assis Neto e a diretora de marketing e comunicação Marina Duarte, entre outros. O presidente do Conselho Deliberativo e ainda influente nas decisões do clube segue sendo Alysson Lira.

Equipe @Vozdatorcida