Botafogo-PB bate o Sousa pela primeira rodada do Paraibano

Foto: Jefferson Manoel/ Sousa EC

Sousa e Botafogo-PB se enfrentaram na tarde desta quinta-feira (15), no estádio Marizão, pela primeira rodada do Campeonato Paraibano de 2021. Em um gramado muito pesado, a partida foi muito pegada e com muitas faltas. Com um pênalti desperdiçado para cada lado, melhor para o Belo, que marcou no rebote do seu, com Marcos Aurélio, após ele mesmo desperdiçar a cobrança, e ficou com a vitória por 1 a 0.

Para o duelo, os dois treinadores apostaram em situações diferentes. No time da casa, Paulo Schardong optou pelo esquema com três zagueiros que foi competitivo no último amistoso da pré-temporada, no empate por 1 a 1 contra o Nacional de Patos. Já Gerson Gusmão, da equipe da capital, colocou Bruno Menezes como principal homem de proteção a defesa, deixando Rogério em João Pessoa aprimorando a parte física, e também buscando uma saída de bola e mobilidade do setor de meio campo com melhor qualidade.

Em uma bola parada surgiu a primeira oportunidade de gol, e não foi com Marcos Aurélio. Aos 7 minutos, Liniker cobrou falta da meia-lua da grande área, a bola passou por baixo da barreira, mas Felipe caiu no canto esquerdo e conseguiu fazer boa defesa para afastar o perigo.

A fase para os centro-avantes do Belo está muito longe de ser das melhores. Com Bruno Menezes se recuperando de cirurgia de joelho e sem prazo de volta e Rafael Oliveira tratando de uma mialgia, Sávio vinha sendo a opção para o setor, mas sentiu um estiramento na coxa aos 16 minutos em uma disputa de bola na área sousense, e acabou tendo que deixar a partida, sendo substituído por Ramon Tanque.

Mas ter jogadores machucados não é só exclusividade do Botafogo-PB. Aos 33 minutos, após sofrer falta dura de Clayton, o volante Daniel Costa não conseguiu voltar para o campo, e acabou tendo que ser substituído por Otávio.

Aos 40 minutos, polêmica na partida. Enquanto aguardava cobrança de lateral pela esquerda, Ramon Tanque tentou acertar uma cotovelada em Roni Lobo, não acertou em cheio, mas acabou recebendo o cartão amarelo do árbitro Tiago Ramos.

Foto: Jefferson Manoel/ Sousa EC

A única chance do Botafogo-PB na primeira etapa veio já aos 45. Após rebote de escanteio, Samuel ajeitou para Clayton, que bateu da entrada da área no canto direito rasteiro de Ricardo, que precisou se esticar todo para desviar a bola pela linha de fundo.

Segundo tempo

Buscando melhorar a produção no meio-campo do Botafogo-PB, Gerson Gusmão resolveu tirar a velocidade de Welton Felipe no ataque e colocar Juninho logo na volta do intervalo.

E logo o camisa 8 foi decisivo em um lance importante. A zaga do Sousa vacilou e Juninho se antecipou a Adriano Seixas para roubar a bola dentro da área. Atrasado, o zagueiro chutou a canela do meia botafoguense e o árbitrou marcou pênalti.

Na cobrança, aos 3 minutos, Marcos Aurélio bateu no canto direito de Ricardo, que fez a defesa, mas no rebote, o próprio camisa 10 bateu de canhota para o gol vazio e abriu o marcador.

Minutos depois, a penalidade foi para o Dinossauro. Após sobra na entrada da área, Otávio tocou para Marcelo, que estava na marca do pênalti, de costas, e caiu após Willian Machado tentar tomar a bola pelas suas costas. Aos 19 minutos, Liniker cobrou no canto direito de Felipe, que rebateu bem, para o lado, fazendo a defesa e segurando a vantagem botafoguense no placar.

Os técnicos passaram a mexer bastante e a tônica do jogo seguia muito pegado, com muitas faltas e cartões amarelos, e com exceção dos lances dos pênaltis, os goleiros praticamente não trabalharam.

Sem mais emoções até o fim, mas com muitas faltas e uma arbitragem que a todo momento distribuía cartões, o Belo venceu por 1 a 0. O próximo jogo do Botafogo-PB será na quarta-feira (21), no Almeidão, em João Pessoa, contra o Treze. Já o Sousa, na quinta (22), enfrenta a Perilima, no Amigão, em Campina Grande.

Ficha técnica

Sousa 0 x 1 Botafogo-PB

Campeonato Paraibano 2021
1ª rodada
Estádio: Marizão (Sousa)

Arbitragem: Tiago Ramos; Kildenn Tadeu e Gleydson Francisco

Gols: Marcos Aurélio (B)
Cartões amarelos: Lucas Gabriel, Ramon Tanque, Juninho, Willian Machado, Bruno Menezes, Pablo, Rodrigo Ramos (B); Otávio, Roni Lobo (S)

Sousa: Ricardo, Roni Lobo (Almir), Marcelo, Adriano Seixas; Arisson (Rodrigo Poty), Weslley; Liniker (Juninho), Daniel Costa (Otávio), Arthur; Natalício e Dentinho. Técnico: Paulo Schardong.

Botafogo-PB: Felipe, Rodrigo Ramos, Samuel, Willian Machado, Lucas Gabriel; Bruno Menezes, Pablo, Clayton (Tsunami), Marcos Aurélio (Kaio Wilker); Welton Felipe (Juninho) e Sávio (Ramon Tanque) (Roniel). Técnico: Gerson Gusmão.

Equipe @Vozdatorcida