Botafogo-PB empata com Manaus em segundo jogo seguido sem marcar

Foto: João Normando

Na Arena da Amazônia, em partida válida pela décima sétima rodada da Série C do Campeonato Brasileiro, o Botafogo-PB empatou novamente sem gols, desta vez diante do Manaus, na primeira partida após a saída do artilheiro Gustavo Coutinho. O resultado de 0 a 0 ficou na conta do goleiro Victor Golas, que teve grande atuação.

Sem seu camisa 9, Itamar Schulle mexeu novamente no Belo, e colocou Leilson e Schumacher para fazer dupla no ataque, enquanto Esquerdinha e Anderson Rosa ficavam responsáveis pela armação. No meio, Tinga perdeu a vaga para Ratinho, que jogou mal e saiu no intervalo. Já Evaristo Piza, treinador do Gavião do Norte, teve que remendar seu time, que teve quatro dispensas, sendo três delas de titulares, no meio da semana.

Os donos da casa começaram tentando encurralar o time paraibano no começo da partida, mas sem chegar com perigo, o Botafogo-PB começou a sair mais para a área e Schumacher passou a ser muito acionado como pivô. Ele ajeitou a bola aos 12 minutos para um chute de Anderson Rosa que subiu demais, logo depois ele, por pouco, não concluiu em gol aproveitando cruzamento de Salomão, e na sequência, Paulo Vitor cabeceou cobrança de escanteio nas mãos do goleiro Matheus Inácio.

O lance mais perigoso do esmeraldino na primeira etapa veio aos 37 minutos, quando Jean Dias cobrou falta da entrada da área e Victor Golas, de manchete, conseguiu afastar o perigo.

Foto: Divulgação

Segundo tempo

Depois do intervalo só deu Manaus, enquanto o Belo praticamente aguardava o jogo acabar empatado para somar um ponto.

Logo aos 2 minutos, o ex-botafoguense Felipe Cordeiro chutou da meia direita e a bola passou tirando tinta do poste direito do arqueiro.

Em uma bola parada, aos 20 minutos, Nadson respondeu e mandou a bola no ângulo esquerdo de Matheus Inácio, que se esticou todo para fazer uma defesaça e espalmar a bola para escanteio.

E quando parecia que o gol do Gavião do Norte ia sair, um paredão subiu no gol do Belo. Aos 27, Gilson aproveitou rebote da zaga para chutar no canto esquerdo de Victor Golas, que fez ótima defesa e espalmou para a esquerda, onde se encontrava Renanzinho, que chutou de primeira, de pé direito, no canto, e o goleiro do Botafogo-PB, mesmo caído, conseguiu fazer outra intervenção e garantir o resultado.

O empate por 0 a 0 deixa o Manaus com 22 pontos, ainda na décima terceira posição, enquanto o Botafogo-PB fica com 27 pontos, na quarta colocação. O time amazonense volta a campo no sábado (06), quando enfrenta o Ypiranga, fora de casa, enquanto o Belo, já na quarta-feira (03), vai receber o Mirassol, no Almeidão, em jogo atrasado da décima segunda rodada.

Equipe @Vozdatorcida