Contra o Mirassol, Bota-PB chega ao quinto empate nos últimos seis jogos

Foto: Cristiano Santos

No estádio Almeidão quase vazio, na noite de quarta-feira (03), o Botafogo-PB encarou o Mirassol em jogo atrasado da décima segunda rodada do Campeonato Brasileiro da Série C. Depois de sair atrás no placar, mas em mais um confronto muito pobre em termos de produção ofensiva, Adilson Bahia fez o gol que garantiu o empate por 1 a 1, e adiou, ao menos momentaneamente, a classificação para a próxima fase.

Precisando vencer para se classificar independente de outros resultados antecipadamente, o treinador Itamar Schulle, vindo de dois empates sem gols consecutivos, escalou a equipe botafoguense com William Alves assumindo o lugar de Paulo Vitor na zaga, e no ataque Adilson Bahia assumiu o comando do setor, com Leilson e Iago Teles como companheiros. No Leão do interior paulista, o técnico Ricardo Catalá, já classificado, vai mesclando a equipe já pensando no quadrangular do acesso.

Mas para quem esperava um Belo diferente, logo no início do jogo veio um balde de água fria. Já aos 9 minutos, em cobrança de falta da direita da área botafoguense, a defesa esperou um cruzamento, inclusive o goleiro Victor Golas, que vacilou e viu a bola de Matheus Oliveira ir direto no gol e não conseguiu fazer a defesa, uma falha feia e o Mirassol tomou a frente do marcador.

A resposta botafoguense veio aos 23 minutos, quando Leilson foi esperto e roubou a bola de Rhuan na esquerda e tocou para o meio da área, onde Adilson Bahia subiu sozinho de cabeça para escorar no canto esquerdo de Jeferson, para deixar tudo igual.

Foto: Cristiano Santos

Depois de falhar no primeiro gol do jogo, o arqueiro Victor Golas fez uma defesa espetacular aos 28 minutos, quando Matheus Oliveira cruzou da esquerda e, na pequena área, Roberson cabeceou livre. No puro reflexo o camisa 1 conseguiu espalmar a bola por cima do travessão.

Três minutos depois, em uma bobeira da defesa paulista, Leilson roubou a bola na intermediária e acionou Esquerdinha, que entrou sozinho na área e, frente a frente com Jeferson, chutou a esquerda do poste.

Segundo tempo

Na volta do intervalo, os dois treinadores mexeram nas suas equipes. O tímido Iago Teles deixou o Belo para dar lugar à Marcelinho, enquanto Paulinho, volante do Mirassol, saiu para que Marcelo entrasse em sua vaga.

Assim como no primeiro tempo, o Leão se lançou primeiro a frente e, aos 10 minutos, Matheus Oliveira chutou de direita, da entrada da área, e a bola passou perto do poste direito de Victor Golas.

Mesmo depois de gastar todas as mudanças, o Botafogo-PB seguia de maneira muito pragmática na partida. Nenhuma substituição mudou esquema ou forma de jogo, apenas peças, que seguiam sem produzir nada ofensivamente, enquanto a equipe do interior de São Paulo jogava ao seu modo, esperando o tempo passar e faltar uma rodada a menos para o quadrangular do acesso onde já está garantido.

Em um cruzamento meio sem querer, aos 39 minutos, Leilson mandou na área e a bola tomou o rumo do gol. Jeferson se esticou todo para espalmar a bola para o lado direito e evitar o perigo.

Aos 44, chance clara para o Mirassol. Osman recebeu na entrada da área e chutou de direita no canto esquerdo de Victor Golas, que torceu e viu a pelota passar tirando tinta da trave esquerda.

Com mais um empate, o quinto nos últimos seis jogos, o Botafogo-PB chega aos 28 pontos, segue na quinta posição e dependendo de uma vitória nos dois últimos jogos para se classificar. O Mirassol segue na ponta, com 33 pontos. Na segunda-feira (08), o Belo recebe o Figueirense, novamente no Almeidão, enquanto o Leão recebe o Vitória, um dia antes.

Ficha técnica

Botafogo-PB 1 x 1 Mirassol

Campeonato Brasileiro Série C
12ª rodada (jogo atrasado)
Estádio: Almeidão (João Pessoa)

Arbitragem: Antônio Dib Moraes (PI); Rogério de Oliveira Braga (PI) e Márcio Iglesias (PI)

Gols: Adilson Bahia (B); Matheus Oliveira (M)
Cartões amarelos: Ratinho, Tinga (B); Paulinho, Matheus Oliveira, Negueba (M)

Botafogo-PB: Victor Golas, Sávio (Edvan), Leandro Camilo, William Alves, Salomão; PH (Adriano Júnior), Ratinho (Tinga), Esquerdinha (Nádson); Leilson, Iago Teles (Marcelinho), Adilson Bahia. Técnico: Itamar Schulle.

Mirassol: Jeferson, Leo Duarte, Luís Gustavo, Octávio, Rhuan; Vinícius Diniz (Fernandes), Paulinho (Marcelo), Kauan (Osman); Geovane (Negueba), Matheus Oliveira (Camilo), e Roberson. Técnico: Ricardo Catalá.

Equipe @Vozdatorcida