Botafogo-PB joga bem, mas empata sem gols com o Paysandu

Foto: Talita Gouveia

No estádio da Curuzu, em Belém do Pará, Paysandu e Botafogo-PB se enfrentaram, na noite desta segunda-feira (11), pela segunda rodada do quadrangular do acesso da Série C. Em um jogo muito truncado e com participação do VAR, que anulou um gol de Welton Felipe, o resultado da partida acabou em 0 a 0.

Com seus dois laterais-direito de ofício lesionados, o técnico do Papão, Roberto Fonseca, teve que mudar de última hora, com Marcelo se machucando no aquecimento e sendo substituído após a divulgação da escalação pelo volante Ratinho, que atuou improvisado. Do lado botafoguense, Gerson Gusmão mudou o esquema, formando um trio de volantes com Amaral, Tinga e Pablo, e no ataque optou por Luã Lúcio fazendo dupla com Welton Felipe.

A primeira etapa foi truncada e de poucas finalizações. O Belo chegou a assustar com uma cabeçada de Daniel Felipe logo no começo do jogo, e em um cruzamento de Clayton que Welton Felipe não conseguiu chegar para cabecear.

Mas o melhor momento veio em uma cobrança de falta de Tsunami, aos 35 minutos. O lateral-esquerdo bateu com violência a bola da meia-direita, o goleiro Victor Souza foi buscar no seu canto esquerdo e rebateu, e na sobra, Clayton finalizou de canhota, e novamente o arqueiro, agora com os pés, evitou o gol do Botafogo-PB.

Na segunda etapa, em cobrança de escanteio vindo da esquerda, logo aos 6 minutos, o zagueiro Denilson deu um peixinho e mandou a direita da meta de Felipe, a primeira finalização um pouco mais aguda da equipe do Paysandu.

Só dava Papão após o intervalo, e aos 16 minutos Paulo Roberto cobrou novo esquinado da esquerda e Denilson mais uma vez subiu mais que todo mundo, obrigando Felipe a intervir pela primeira vez, fazendo ótima defesa para a zaga, na sobra, afastar a bola.

Mas a bola foi para as redes aos 26 minutos. Welton Felipe recebeu lançamento quase na linha do meio campo, avançou em velocidade, invadiu a área, driblou o goleiro e só rolou de direita para o fundo das redes. O lance foi para o VAR, e foi marcado impedimento.

Os donos da casa se lançavam desesperadamente para o ataque e davam espaços. Em um destes contra ataques, aos 41, Welton Felipe arrancou até a entrada da área, de onde colocou no canto esquerdo, e a bola passou tirando tinta da trave.

Em uma falta dura cometida por Perema em Cleyton, o zagueiro Daniel Felipe reclamou demais, recebeu o segundo amarelo e deixou o campo após tomar o cartão vermelho.

Com o empate, o Paysandu fica com apenas 2 pontos, na terceira posição do quadrangular. O Botafogo-PB, com 1, é o lanterna. Na próxima rodada, no sábado, o Belo encara o Criciúma, em Santa Catarina, às 19h. O Papão, no fim de semana, enfrenta o Ituano.

Equipe @Vozdatorcida