Botafogo-PB vence Criciúma e volta a sonhar com o acesso

Foto: Guilherme Drovas

Em jogo de tudo ou nada, o Botafogo-PB recebeu o Criciúma para tentar manter vivo o sonho do acesso à Série B do Campeonato Brasileiro. No Estádio Almeidão e com apoio da torcida, a equipe marcou nos primeiros minutos e administrou a vitória por 1 a 0. Com o resultado, o Belo divide a segunda divisão com o adversário da noite com os mesmos cinco pontos. O Tigre, no entanto, possui um saldo de um gol, enquanto o Xerife tem zero.

Os números finais da partida foram definidos por Welton Felipe desde os oito minutos iniciais. O jogador recebeu a bola na entrada da área e chutou com força na direção ao gol, a bola desviou na zaga do Tigre impedindo a chegada do goleiro Gustavo.  O atacante encerrou o jejum da equipe que ainda não havia marcado no quadrangular do acesso.

Após o gol, a equipe seguiu pressionando e tentando deixar o Criciúma sem espaço para ações. Aos 10 minutos, Welton entrou pela esquerda, invadiu a área e deu passe para o meio da área. O goleiro Gustavo se antecipou e afastou a bola. O Criciúma só conseguiu uma tentativa de reação aos 17 minutos, Silvinho recebeu a bola na frente da área, mas sozinho, se atrapalhou e perdeu a oportunidade.

O tricolor carvoeiro chegou a possuir uma maior posse de bola, mas esbarrou na qualidade técnica da defesa botafoguense. Investindo em contra-ataques, o Belo voltou a chegar aos 32 minutos. Tsunami tocou para Cleyton que bateu bem obringando uma defesa difícil de Gustavo.

O Xerife seguiu mandando na partida. Aos 42 minutos, Marcos Aurélio achou Welton que encheu o pé e acertou o travessão. Na blitz alvinegra, Juba cabeceou e o goleiro Gustavo espalmou pela linha de fundo. Na sequência, aos 48 minutos, Marcos Aurélio cobrou escanteio, a bola foi desviada dentro da área e a bola acertou o travessão. Consolidando o Belo como o melhor time no primeiro tento.

Foto: Guilherme Drovas

No segundo tempo, o Botafogo-PB voltou na mesma pressão. Após erro de Marcel Scalese, Welton roubou a bola, invadiu a área e passou para Marcos Aurélio. O meio campista, por sua vez, ajeitou a bola para Cleyton encher o pé, bola na trave mais uma vez.

Felipe foi acionado aos 10 minutos do segundo tempo após jogada rápida de contra-ataque do Tigre. Com Eduardo que encheu o pé, o goleiro do Belo conseguiu fazer uma boa defesa.

Gerson Gusmão tirou Welton para a entrada de Esquerdinha. Após a alteração, a equipe perdeu o ímpeto de chegada com perigo na área do Criciúma. A partida só voltou a ser movimentada aos 35 minutos com a chegada de Luã Lúcio que encontrou Juninho de cara com o gol defendido por Gustavo, o jogador perdeu o tempo da bola e a defesa conseguiu isolar o perigo.

O Tigre só cresceu nos minutos finais da partida. Aos 41 minutos, Minho cruzou a bola na área que passou por todo mundo para encontrar Claudinho que quase não empata a partida. Já nos acréscimos, o maior susto, Scalese acertou uma forte cabeçada que trixou na trave defendida por Felipe, mas não deu mais.

Com a vitória, o Botafogo-PB marca seus primeiros três pontos no quadrangular do acesso e caminha para afastar a má fase. Agora a equipe se prepara para enfrentar o Vitória, pelo primeiro jogo da terceira fase da Pré-Copa do Nordeste, na próxima terça-feira, às 21h30. Em seguida, viaja para enfrentar o Paysandu em jogo válido pela quinta rodada do quadrangular do acesso. O jogo contra o lanterna do grupo nesta fase será no dia 31 de outubro, próximo domingo, às 18h.

Equipe @Vozdatorcida